Social Media Index

Social Media Index

em 14 de outubro de 2012 passará para a pequena história da humanidade pela façanha de Felix Baungartner, o austríaco, que bateu vários recordes ao se atirar em queda livre a partir de 39.000 metros de altitude. Mas o salto de Felix passará também a história da publicidade. O evento Red Bull Stratos é a primeira ação de branded content pensada para gerar um evento simultâneo a nível mundial. O de menos é que 8 milhões de espectadores vissem, simultaneamente, o evento através do canal de streaming do YouTube, embora esse número fora um recorde.

Se vai bater logo, à medida que o sistema de vídeo do Google vá alcançando uma maior cobertura e que se torne um hábito para muitas pessoas. Além disso, a cifra é relativamente pequena se a compararmos com a soma dos espectadores que conseguiram as cadeias de televisão de todo o mundo que foi transmitido simultaneamente o evento.

A palavra-chave foi colocar a falar uma vez sobre o mesmo tema, a milhares de milhões de pessoas de todo o mundo através do Twitter e do Facebook. Todo mundo falando ao mesmo tempo, de um mesmo tema, um tema que, além disso, tem uma conotação comercial. Esse não foi o nascimento da tv social, mas sim foi seu batismo de fogo.

É claro que se aproximaram com a sua época. Naquele momento, a velocidade de conexão não permitia muitas alegrias; por outra parte, as redes sociais não tinham o peso que têm adquirido posteriormente. Os programas de televisão são um dos temas mais tratados na rede de microblogging Twitter.

  • Responsáveis de comunicação interna ou externa
  • Aparecer na página principal
  • Prévia: Uma Volta à Suíça acirrada
  • 3 Sobre-exploração dos recursos
  • 3 Simulação de vida
  • vão ajudá-lo a definir seu estilo
  • 1 Métodos quantitativos
  • 4 Eu gosto, mas falta algo

Praticamente em qualquer momento algum programa de televisão ou de algum de seus protagonistas é trending topic. Segundo a empresa Tuitele no mês de outubro realizaram-se em Portugal 4,3 milhões de clientes ao vivo em programas de televisão. Estamos assim perante uma nova forma de viver a televisão: podemos estar assistindo a um programa e discuti-lo com os amigos, ou se vemos comentários interessantes sobre um programa diferente do que vimos, podemos mudar de canal.

Isto reforçará a televisão vista ao vivo, em frente à tendência para o agendamento automático dos que tanto se tem falado nos últimos anos, sem que tenha chegado a tomar uma dimensão importante. Paradoxos da tecnologia: a mesma Internet que ia matar a tv de grandes audiências poderia vir em sua ajuda. Torna-se assim a dimensão social da televisão. Isto fez pensar que a contabilização do número de clientes sobre um tema pode fornecer indicadores de audiência.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: