História Da Informática

História Da Informática

As redes sociais são estruturas sociais compostas de grupos de pessoas, as quais estão conectadas por um ou vários tipos de relações, tais como amizade, parentesco, interesses comuns ou que compartilham conhecimentos. A análise de redes sociais estuda esta estrutura social, aplicando a Teoria de Grafos e identificando as entidades como “nós” ou “vértices” e as relações como “links” ou “arestas”. A estrutura do grafo resultante é muitas vezes muito complexa, pode haver muitos tipos de ligações entre os nós.

Em sua forma mais simples, uma rede social é um mapa de todos os laços relevantes entre todos os nós estudados. Fala-Se neste caso de redes “sociocéntricas” ou “completas”. Outra opção é identificar a rede que envolve uma pessoa (em diferentes contextos sociais em que interage); neste caso, se fala de “rede pessoal”. A rede social também pode ser usada para medir o capital social (ou seja, o valor que um indivíduo obtém os recursos acessíveis através de sua rede social). Estes conceitos se mostram, muitas vezes, em um diagrama, onde os nós são pontos e os laços, linhas.

Uma rede social é uma estrutura composta por nós e relações entre esses nós. Melhor dito, é uma estrutura social (ou um aspecto de uma estrutura social) que podem ser modelados através de nós e relações. Assim, quando se faz a análise de redes sociais, o que está ocorrendo é uma abstração ou modelo de um fenômeno social, em que o elemento fundamental são as relações entre os participantes.

Os nós são geralmente indivíduos ou grupos de indivíduos. As relações são de diferentes tipos e dependem do tipo de rede que estamos estudando, desde as relações interpessoais como as relações de amizade, até relações formais entre empresas, como as correspondências de membros em conselhos de administração. A Análise de Redes Sociais é a disciplina que lida com o estudo, medida e pesquisa de redes sociais, tal como as definimos. Depois de todos estes anos, as redes de interação social tornaram-se um dos elementos de Internet mais utilizados, oferecem aos seus usuários um lugar comum para desenvolver comunicações constantes.

1971: É enviado o primeiro e-mail. Os dois computadores protagonistas do frete estavam um ao lado do outro. 1978: São trocados BBS (Bulletin Board Systems) através de linhas telefônicas com outros usuários. 1978: A primeiras cópias de navegadores de internet são distribuídos através da plataforma Usenet. 1994: É fundada a GeoCities, uma das primeiras redes sociais da internet, tal como hoje as conhecemos.

A ideia era que os usuários criassem suas próprias páginas web e que os alojaran em determinados bairros de acordo com seu conteúdo (Hollywood, Wallstreet, etc.). 1997: Se lança AOL Instant Messenger. 2000: A “bolha da internet” estoura. 2002: lançamento do portal Friendster, pioneiro na ligação online de “amigos reais”. Atinge 3 milhões de usuários em apenas três meses.

  • 2 Aparições ao vivo
  • Atitudes com que os enfrenta e que lhe geram: diversão, credibilidade, imposição
  • 4 História do trabalho social em Portugal 9.4.1 plano de Fundo da acção social em Portugal
  • 0,450-0,499 0,400-0,449 0,350-0,399 menor a 0,350
  • 2 Grupos económicos

2003: É inaugurada a web MySpace, originalmente concebido como um “clone” do Friendster. Criada por uma empresa de marketing online, sua primeira versão foi codificada em apenas 10 dias. Em 2004, lança Facebook, concebida originalmente como uma plataforma para conectar-se a estudantes universitários. O seu pontapé de saída teve lugar na Universidade de Harvard, e mais da metade de seus fixado em 19 500 estudantes se inscreveram para ela durante o seu primeiro mês de funcionamento. 2006: É inaugurada a rede de microblogging Twitter.

2008: Facebook adianta a MySpace como a rede social líder em visitantes únicos mensais. 2011: Facebook tem 600 milhões de usuários espalhados por todo o mundo, o MySpace 260 milhões, Twitter 190 milhões e Friendster apenas 90 milhões. Os conceitos de redes sociais não são novos, e muitos dos componentes do Facebook inicial foram originalmente introduzidos por outros.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: