A Esquecida Batalha Em Que A Espanha Defendeu Missouri Com 300 Homens Do Cruel Ataque Britânico

A Esquecida Batalha Em Que A Espanha Defendeu Missouri Com 300 Homens Do Cruel Ataque Britânico

A Guerra de Independência não só se livrou das treze colônias inglesas da costa atlântica. Na margem oposta, para o oeste, se abriram os vastos territórios da Louisiana, que abrangem desde o Canadá ao golfo do México, e que após a Guerra dos Sete Anos (1756-1763) passaram de França para Portugal. A capital era Nova Orleans, enquanto que, cerca de 2.000 quilômetros de águas acima do Mississippi, San Luis era o principal local de alta Louisiana. Então conhecida como San Luis de Ilinueses, tinha sido fundada por franceses, no calor do lucrativo negócio do comércio de peles em 1764, antes que os espanhóis tomaram o controle efetivo da região.

Nascido em Ceuta, em 1734, Leyba, pertencia a uma família nobre de Veneza, hoje província de Málaga. Começou a sua carreira militar como cadete aos 16 anos e participou em 1762 a mal sucedida defesa de Havana, para os britânicos, que fizeram prisioneiro. Uma humilhação que com certeza não iria esquecê-lo.

  • Elsa Pataky, conta como foi trabalhar com seu marido, Chris Hemsworth
  • E Gene Wilder transformou-se em ‘meme’
  • 5 Mia Nichols
  • CHILE / INTERROMPERAM O TREINO DO COMPUTADOR
  • Não foram o choque brutal e cego de 2 massas errantes
  • Prepara o Sul-americano Sub-20 com o Brasil
  • A operação foi fechada por 15 milhões

Já como capitão, em 1769 pisou pela primeira vez na Louisiana, onde a população era ainda predominantemente francesa, e se curtió no inóspito forte de Arkansas, antes de ser transferido para São Luis. Portugal, que vinha prestando ajuda dissimulada aos insurgentes americanos, entrou em guerra com a Grã-Bretanha, em 1779. Como resposta, o ministro britânico para as colônias, Lord Germain, criou uma dupla ofensiva para ficar com o vale do rio Mississippi.

Desde o sul, o general John Campbell, devia apoderar-se de Nova Orleans, em Pensacola, na Flórida Ocidental. Enquanto isso, uma série de ações lançadas desde os fortes de Michilimackinac e Detroit, na região dos Grandes Lagos, barrerían as praças espanholas e americanas do norte, empregando em todo combatentes nativos.

Esta parte da estratégia passava, necessariamente, por arrebatar San Luis aos espanhóis, ponto-chave para controlar o rio. Ambas as frentes deveriam ser encontrado posteriormente em Natchez, cerca de 300 quilômetros a montante de Nova Orleans, fechando assim o cerco sobre a América do norte como uma pinça. No entanto, estes planos começaram a torcer para os britânicos no sul. Na alta Luisiana, perante as notícias obtidas de um iminente ataque britânico, Fernando de Leyba começou em abril de 1780, os preparativos para defender San Luis.

Fez trazer cinco canhões de um velho forte na foz do rio Missouri e solicitou reforços da população de Sainte Geneviève, a jusante do rio Mississippi, e entre os caçadores da região. No total, contava com 29 soldados regulares e 281 “paisanos”, ou seja, os milicianos. Entre tanto, começou a levantar a oeste da cidade, uma torre cilíndrica de uns dez ou doze metros, no alto da qual colocaria os cinco canhões. O vice-governador pretendia construir quatro, uma em cada esquina, mas os pesos que conseguiu reunir (600 dos vizinhos e 400 dela) não alcançavam mais.

A construção do que viria a ser conhecido como forte de São Carlos, em homenagem ao rei Carlos III, começou no dia 17 de abril. Trinta e nove dias depois, eu estava concluída, faltando apenas os parapeitos. Caminharam por cerca de terrenos comunais, onde os camponeses que encontraram tornaram-se as primeiras vítimas. “Às armas, às armas!

< / p>“, gritou um homem a corrida para as ruas. A partir da nova torre, um canhão chamou o alarme geral. Instantaneamente, cerca de 275 homens se posicionaram em atrincheramientos e Fernando de Leyba, que se encontrava doente, foi levado apressadamente para o forte em uma cadeira de mãos. Enquanto isso, mais de 300 mulheres e crianças, se refugiaram na residência do vice-governador mantido por um grupo de soldados. Conta-Se, todavia, que a Marie Josepha Pinconneau di Rigauche, viúva de um soldado de infantaria, enfundó a casaca militar de seu marido, pegou uma pistola e uma faca, e correu para se juntar aos entrincheirados.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: