Seis Dicas Para Queimar Mais Calorias Durante Os Treinos

Seis Dicas Para Queimar Mais Calorias Durante Os Treinos

Combinações de alimentos, o que Às vezes não importa tanto o quanto o que você faz na academia. Até pode ser que nem seja necessário ir a um centro desportivo, para obter melhores resultados nos treinos. Treinar e CEO da Equilibrium Personal Training Studio, Pau Benedito Mateus. Isso se deve ao efeito térmico residual durante o qual o corpo pode continuar queimando calorias até 48 horas, depois de ter terminado a atividade. E se você já cumpre à risca essas dicas, o treinador ainda guarda outro ás na manga para otimizar ao máximo os treinos e queimar mais calorias sem necessidade de mais tempo para eles.

Por que não explorá-los para continuar treinando? Como explica Benedito Mateus, em vez de olhar para o celular ou conversar com alguém, você pode fazer uma recuperação ativa. Ou seja, exercício muito suave e sem complicações técnicas que possam ser feitas entre os exercícios. Por exemplo, dedica esses minutos a algumas placas para o abdômen, ‘burpees’ ou corrida no site. Ou até mesmo, se é ao ar livre, aproveita para correr um pouco antes de começar o exercício seguinte. Por este motivo, a tabela de treinamento deve priorizar este tipo de exercícios, como os agachamentos, dedicando apenas um par deles para áreas mais específicas, como pode ser um bíceps.

O treino de alta intensidade produz um maior gasto energético com a participação de tempo menor. Se, além de fazer cardio de alta intensidade, que se realiza em uma máquina que implique mais de músculos (por exemplo, acrescenta, o remo melhor que a bicicleta), maior ainda será esse gasto de energia. Do mesmo modo, se você sempre se pratica o mesmo exercício e com a mesma intensidade e duração, o organismo vai acabar se adaptando e se tornando mais eficiente.

Por isso, tem que se preocupar (ou procurar um bom treinador) de dar variabilidade à prática esportiva e buscar alternativas. Durante a fase menstrual (em torno dos 5 primeiros dias) diminuem os níveis de estrogênio e progesterona. Durante a fase pós-menstrual (6 dias) e a ovulatória (5 dias), há um aumento de fora e resistência devido ao aumento de estrogénios.

Durante a fase pré-menstrual (do dia 17 ao 28) ocorrem alterações como o aumento da massa corporal pela retenção de líquidos. Nos últimos dias, o corpo responderá pior, o esforço por causa da progesterona que gera. Neste momento, indica o especialista, diminui progressivamente a intensidade de seus treinos: “Durante os últimos dias as sessões de cardio leve, circuitos suaves e até mesmo sessões isoladas de yoga, Pilates ou alongamento serão a melhor opção”. Nem sempre é fácil de melhorar, já que é muito confortável diminuir o ritmo ou o peso durante o treino quando você está mais cansado.

Como explica o Pau Benedito Mateus, aumentar e manter a massa muscular é essencial para queimar calorias, fazendo com que o treino de força não pode faltar em sua rotina. Descansar e alimentar-se bem são as seguintes duas tarefas que você deve cumprir para que, ao final do dia, tudo isso tenha sentido.

  1. Aipo, pepino, água de coco e limão
  2. Rotina de treinamento com Biotech
  3. 2 Hidratos de carbono
  4. Uma aula de GAP em 4 minutos

O terceiro candidato para a queima de gorduras, mas não por isso menos importante, é o levantamento de pesos. Com isso, é possível que muitos se perguntam como é que exercícios tão estáticos podem incentivar a combustão de gorduras. A resposta não é tão complicada, e abaixo discutido. Ajuda ao crescimento da massa muscular.

muitos Não sabem, mas os músculos fazem parte do tecido que mais energias necessárias para poder manter-se em forma. Isto quer dizer que, a maior quantidade de músculos, maior é o número de calorias necessárias para o metabolismo basal. Devido às posições adoptadas durante as rotinas, o corpo adota uma postura melhor, ocasionado uma aparência melhor.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: