O Segredo Dos Abdominais Hipopresivos

O Segredo Dos Abdominais Hipopresivos

Os abdominais hipopresivos são uma série de exercícios que fortalecem de uma forma diferente da musculatura abdominal. Normalmente são usados para conseguir ou manter um abdômen liso, mas têm muitos outros benefícios. Primeiramente, será descrito o que são os músculos abdominais e que funções têm os músculos abdominais. Reto do abdômen. Este é o mais conhecido de todos, já que marca as tão desejadas “tabletes de chocolate”. Ter desenvolvido bem o reto do abdômen, ajuda a manter a pressão dentro do abdômen, e favorece a exalação no processo de respiração.

Oblíquo maior e menor. Estão situados em cada um dos laterais do abdômen, e o seu bom-tom facilita as rotações e inclinações do tronco. Em que consistem os abdominais hipopresivos? Os abdominais hipopresivos são uma série de exercícios fortalecem a faixa abdominal.Os hipopresivos trabalham nas porções mais profundas dos músculos abdominais, principalmente o transverso do abdômen, que serão muito úteis para reduzir o perímetro da cintura. Estes exercícios têm uma particularidade, que se realizam em breves instantes de apnéia, ou seja, sem ar e sem respirar.

Por fazê-los sem ar, e aguentar alguns minutos de apnéia, coexistir não devem praticá-los. 1. Uma vez que adotamos a posição específica para cada exercício, após 3-4 inspirações e espiraciones anteriores, há que soltar todo o ar, tanto os pulmões como do abdômen. 2. Contraimos o abdômen e mantemos a posição por 15 segundos. 3. Terminado o exercício, normalmente, respiramos até se recuperar e repetir. 4. Para cada uma das posições (ver abaixo) , foram colocados cerca de 5-10 minutos, dependendo de nossas possibilidades.

Os exercícios de hipopresivos devem ser feitos com uma boa dose de atenção, para sentir como os músculos se contraem corretamente (devemos notar que, se afunda o abdômen e o diafragma se eleva ao aspirar o ar). Em posição ereta, com os braços na cintura (posição no jarro), tomamos 2 ou 3 inspirações, soltamos o ar e contraimos o abdômen, tentando meter a barriga” o máximo possível.

  • Agita para combinar e testar. Rectificar o tempero, se necessário
  • Vitamina A: 4900 UI
  • 19 janeiro, 2010 às 1:30
  • 12 dezembro, 2012 às 11:23
  • 23 junho de 2015 às 11:34 pm

Realizamos uma semiflexión do tronco (mais ou menos 45º com relação às pernas e dos joelhos, apoiando as mãos sobre elas. Flexionamos o tronco (mais ou menos 90º em relação às pernas), e semiflexionamos os joelhos, apoiando as mãos sobre elas. Apoiamo-Nos com as mãos, joelhos e pés no chão. Adotamos uma postura confortável, e depois de fazer as inspirações-espiraciones, passamos a contrair o abdômen (sem respirar no processo). Apoiamos os antebraços, joelhos e pontas dos pés no chão (em uma posição similar à que adotamos fazendo flexões), mantendo-se desta posição e realizando a contração do abdômen de maneira profunda.

Este exercício, além do transverso do abdômen, trabalha o reto do abdômen, por isso estaremos dando os passos certos para obter o “six pack” ou “tabletes de chocolate”. 2. Ajudam a reduzir o perímetro da cintura. 3. Têm efeitos positivos sobre a musculatura do assoalho pélvico em mulheres, é por isso que estes exercícios podem ser usados para tratar problemas de incontinência urinária, ou até mesmo para melhorar as relações sexuais.

4. Olho, rapazes, não pensem que só podem fazer deles, no seu caso, servem para evitar problemas de disfunção erétil. Vos exortamos vivamente a experimentar com estes exercícios, já que exigem menos esforço físico relativo do que os convencionais e têm diversas vantagens. Utilidade dos abdominais hipopresivos em corredores.

a Dieta cetogênica cíclica: nesta se podem fazer alguns dias ricos em carboidratos, por exemplo, faríamos 5 dias seguidos cetogénicos e depois de 2 dias com um alto conteúdo de hidratos de carbono. Dieta cetogênica dirigida: nesta dieta você pode tomar carboidratos durante os treinos. Dieta cetogênica alta em proteínas: É muito semelhante ao padrão só que está há mais proteínas ( 60% de gordura, 35% de proteína e 5% de hidratos de carbono). No Método Low Carb utilizaremos durante algumas semanas, a dieta cetogênica padrão para alcançar os objetivos de emagrecer de uma forma saudável e ao mesmo tempo melhorar a saúde. Abaixo também expor como fazer esta dieta, seguindo a versão padrão.

Alimentos açucarados: Refrigerantes, sucos de frutas, bolos, sorvetes, doces, batidos. Grãos ou amidos: Produtos que são feitos com trigo, arroz, massas e cereais. Fruta: Exceto frutas baixas em hidratos de carbono, como por exemplo os morangos. Legumes e tubérculos: Batata, batata doce, cenoura, chirivías, etc. Produtos desnatados: eles São muito processados e costumam conter açúcares adicionados. Alguns temperos ou molhos: Também costumam levar açúcares e produtos de baixa qualidade.

Gorduras não saudáveis: Como a maionese ou óleos vegetais como o cánola, milho, soja e algodão. Álcool: Este tipo de bebidas também são ricas em carboidratos, isso impediria que você vai entrar em cetose. Alimentos dietéticos e sem açúcar: Os chicles, por exemplo, que dizem não ter açúcar, são álcoois de açúcar, os quais podem afetar seus níveis de cetonas.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: