O Que É A Dieta Mediterrânica?

O Que É A Dieta Mediterrânica?

�Que é a dieta mediterrânica? A dieta mediterrânea é um padrão alimentar que se complementa com a prática de exercício físico e o clima dos países vizinhos, com o mar Mediterrâneo, e que tem vários benefícios para a saúde. Em termos de alimentação, a dieta mediterrânea é baseada em ingredientes próprios da agricultura local dos países com clima mediterrâneo, principalmente Espanha e Itália.

Se resume em reduzir o consumo de carnes e hidratos de carbono em benefício de mais alimentos vegetais e gorduras monoinsaturadas. Entre os ingredientes recomendados estão as verduras e legumes, a fruta, o peixe, as carnes brancas, massas, o arroz e as nozes, além do consumo de vinho com moderação. O óleo de oliva é um dos pilares fundamentais sobre os quais assenta a dieta mediterrânea. Os benefícios para a saúde que representa esta dieta é mais significativo quando se combinam com o exercício físico.

Este tem de ser moderado, mas para ser possível tem de ser realizada por pelo menos 30 minutos diários, cinco dias por semana. No caso de que, por razões de tempo seja complicado, tem que fazer com a máxima regularidade que possa ser. O seguimento da dieta mediterrânea, além de ajudar a controlar o peso e aumentar a sensação de bem-estar físico, melhoria do funcionamento de diversos órgãos, como o rim e o coração.

apesar de suas vantagens, seguir a dieta mediterrânea, de forma rigorosa, pode fazer com que os níveis de ferro e de cálcio sejam reduzidos por consumir menos produtos cárneos e lácteos. Por isso, pode-se consultar o médico se você tem que tomar algum suplemento ou produto, em concreto, rico em estes minerais. Em relação ao vinho, é aconselhável que se tome durante as refeições e sempre com moderação, mas não é imprescindível, o que se pode suprimir-se a sua ingestão pode ser um risco para a saúde.

Cochilos durante o dia (teste a colocação de cortinas) e alongamentos antes de dormir são formas importantes para restaurar hormônios do sono e aumentar a queima de gordura. Os estômagos inchados são normalmente planos de manhã, mas se incham durante o dia com gases ou indigestão. A distensão afeta tanto mulheres magras e com excesso de peso. Quase sempre é causada por intolerâncias alimentares e alergias, ou intestinos preguiçosos como resultado de uma dieta pobre. Come os mesmos alimentos, e poderia ter feito durante toda a vida sem se dar conta de que era intolerante a eles.

  • 5 Trote estático, preso ao chão
  • você Poderia colidir com pessoas
  • Rotina de volume e força máxima
  • Se você sofre de taquicardia
  • 3 Dia 1
  • Má postura: – Costas arcos devido ao volume da barriga
  • 14 Pipoca 6.14.1 Formas de prepará-las
  • 2 Dietas para ganhar massa muscular – Dieta 2

As intolerâncias mais comuns estão o trigo e glúten (pão, massas, bolos, pizzas, bolos e cereais), o álcool, a levedura (em bolos, cerveja e bolos) e produtos lácteos processados (queijo, leite, manteiga). O glúten, em particular, pode inflamar o intestino e fazer com que a barriga pareça maior. Experimente descobrir o que incomoda em seu ventre, pois a tua conhece seu corpo melhor do que ninguém. Tente eliminar os principais culpados como o glúten durante quinze dias, para ver se a sua distensão abdominal reduz, ou piora quando reintroduces alimentos.

concentre-se em uma dieta com muitos vegetais frescos, peixe. Os intestinos preguiçosos são frequentemente o resultado de comer os alimentos errados no caminho errado. Faça do pequeno almoço é a refeição mais grande, já que é quando a digestão está no auge, e evita comer tarde da noite, o que leva ao inchaço. Mastiga os alimentos corretamente e beba muita água para manter em funcionamento o sistema digestivo. O inchaço pode ser uma amostra da flora intestinal desequilibrada. Assim, para obter uma barriga lisa, realmente necessita preencher com bactérias amigáveis. Suplementos prebióticos e probióticos são a forma mais simples.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: