O CARDIO NECESSÁRIO PARA DEFINIR?

O CARDIO NECESSÁRIO PARA DEFINIR?

�CARDIO NECESSÁRIO PARA DEFINIR? É uma das perguntas que mais me costumam fazer, e é algo que muita gente tem assentado como um dogma. Neste artigo, eu gostaria de dar minha opinião sincera sobre o cardio e seu papel tanto na definição como em volume. FAZ FALTA OU NÃO? Me explico. Para definir, como já foi repetido até a saciedade, há que criar um défice calórico constante, e durante um período de tempo prolongado. Apesar de que o cardio pode te ajudar a criar esse déficit calórico, aumentando o consumo de kcal totais diárias, esse déficit pode alcançar, sem cardio.

Se reduzir as kcal, pode criar o défice calórico necessário para perder peso sem que você tenha que estar carregado a uma bicicleta ou uma fita. Se o seu corpo precisa de 2500 kcal para manter o peso, temos 2 opções. Consumir menos de 2500 kcal ao final do dia ( por exemplo, 300 menos e estaríamos em 2200 líquidas ). ENTENDIDO, PASSAMOS DO CARDIO.

O cardio pode ser um grande aliado, especialmente em definição, mas também em volume. Mas também pode produzir desvantagens. Vamos falar de tudo isso abaixo. Em volume, não acontece nada, mas a definição é uma idéia muito sensata começar a aumentar o nosso gasto calórico total antes de começar a descer as kcal do que comemos.

Pois pense, se você começar a descer kcal rapidamente… o Que você vai fazer quando estiver comendo uma quantidade ridícula de kcal por dia para perder peso? Quando estamos definindo cada caloria conta, já que a nossa margem de manobra é muito menor do que quando estamos em volume. Temos menos kcal disponíveis para obter os macros necessários, a fibra, os micronutrientes, etc…Para isso não há nada melhor do que aumentar essa margem de manobra.

, E a melhor maneira é fazendo exercícios aeróbicos. A partição de calorias refere-se a onde vão parar as kcal do que consumimos e de onde se retira a energia para realizar as atividades que fazemos. No mundo ideal, 100% dos nutrientes e calorias você usaria para criar massa muscular e o 100% de energia em déficit calórico é tiraria as reservas de gordura. Isso não acontece ( na maioria das pessoas ), por isso que, quando estamos em excesso calórico ganhamos gordura e quando estamos em déficit perder músculo.

Adicionar cardio quando definimos pode ser uma maneira para melhorar a composição corporal. Sabemos que uma dieta hiperproteica e um trabalho de musculação permitem reter mais massa muscular. Se a isso lhe acrescentamos um exercício cardiovascular de alta intensidade, como o HIIT, teremos um triunvirato vencedor, já que o HIIT também parece ajudar a perder mais gordura e reter mais músculo que o cardio convencional ou LISS. E com menos tempo gasto.

Isso que eu estou dizendo como algo pessoal, já que eu tenho observado um benefício ao fazer isso, embora eu não tenho estudos para apoiá-lo, por isso, é inteiramente minha opinião. Fazer exercício cardiovascular de alta intensidade ou fazer muito cardio de baixa intensidade, pode afetar negativamente seus treinos. Acha que o cardio continua a ser um treinamento que, dependendo da intensidade e/ou duração, vai colocar muito estresse sobre as articulações, músculos envolvidos ( principalmente nas pernas ) e sistema nervoso central. MTOR: Uma proteína que é responsável por estimular o crescimento muscular. AMPK: Um composto enzimático que é ativado quando as reservas energéticas diminuem ou quando os níveis de glicogênio descem. A AMPK inibe a produção de mTOR.

O treinamento com pesos ativa o mTOR, aumentando a síntese proteica. Por isso temos que quantidades industriais de cardio pós-treino podem aumentar a produção de AMPK, comprometendo o nosso progresso e o crescimento muscular. Além, de como referido no ponto anterior, impedir a recuperação. O cardio de baixa intensidade parece estimular o apetite, mas o cardio de alta intensidade parece suprimi-lo.

  1. Erva-Mate
  2. Salada de agrião
  3. Infarto do miocárdio; mais ainda, se foi de recente data
  4. Coloque água para ferver
  5. 7 Saltar para a curvatura
  6. Bola de bowling
  7. Dieta. Emagrecimento sem estar a dieta
  8. Qualquer produto que, em sua elaboração possua farinha

De modo que este ponto não é um perigo em si, mas dependendo de como você joga pode ser algo favorável ou não. Por exemplo, se o HIIT suprime o apetite e está no volume e você tem problemas para atingir as calorias…talvez não seja uma boa idéia passar com ele.

Por outro lado, na definição isso pode ser uma ajuda muito bem recebida. Com o LISS é a mesma coisa. Em volume, uma sessão moderada de LISS pode ajudar-nos a comer mais, enquanto que na definição pode ser o nosso pior pesadelo. 1.- Sempre que puder, separa o cardio de pesos. Se você pode escolher dias diferentes, melhor.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: