Exercícios Primeiro Trimestre

Exercícios Primeiro Trimestre

O esporte ideal durante este primeiro trimestre é caminhar ou andar diariamente. Aumenta a capacidade cardiovascular e pulmonar, aumenta o gasto calórico (queima de calorias) e se fortalece pernas e cintura. Além de ser uma prática muito pouco arriscada e muito escalável. As futuras mães mais jovens (ou maduras em forma) podem fazer caminhadas mais intensas e longas, assim como as mais maduras podem fazer passeios mais curtos e calmos. A experiência esportiva anterior é importante na hora de estudar que a prática esportiva é a mais aconselhável para o primeiro trimestre.

Não é aconselhável iniciar uma nova atividade física neste trimestre. Para grávidas com experiência esportiva anterior aconselhamos que rebajen a freqüência e a intensidade. Se o esporte envolve o menor risco de batida, queda ou lesão que se cessação dessa atividade de forma temporária. Nunca, tenha ou não experiência esportiva, tem de chegar à fadiga.

O corpo da grávida está sofrendo um alto grau de estresse por alterações hormonais, aumento esse estresse com uma fadiga excessiva, não é nada saudável. Quando uma mulher grávida se cansa só se pode fazer uma coisa. Em ginásios de postura se deve ter o máximo cuidado em fazer as mudanças de posição de forma progressiva e lenta. Qualquer esporte de contato é fortemente desencorajado. Certas posturas do pilates ou yoga em ulna supino não são aconselháveis ao aumentar a pressão de seu peito contra o chão ou a máquina.

ginásios em que a manutenção do equilíbrio é importante que se deve fazer com mais segurança, a mudança na distribuição de pesos do corpo pode fazer exercícios que antes eram feitas com facilidade agora sejam difíceis. Estas mudanças afetam alguns esportes mais do que outros. Por Ana Jesus Cardozo: “Durante a gravidez, o corpo da mulher se modifica consideravelmente, especialmente em algumas áreas: a pelve, abdome, mamas. Seja pilates, ginástica ou natação, a prática esportiva durante a gravidez tem as pautas de segurança em todos os esportes seguir, para o bem da mãe e do futuro bebê.

No segundo caso, o mais recomendável seria que não iniciar uma nova atividade até ter passado as primeiras 16/18 semanas (quatro meses). No primeiro caso, depois de consultar com o ginecologista, reduzir a freqüência e intensidade. Informar ao ginecologista e o professor/monitor/treinador é muito importante nestes casos. Cada esporte e, em cada lugar de treinamento tem suas particularidades.

  • Comer carne vermelha, pouco ou nada
  • Finalmente, a 5 minutos a baixa intensidade
  • 30 de outubro de 2017 at 11:29 pm
  • 18 Beterraba, Betabel ou Beterraba

Não é o mesmo que praticar natação é uma piscina quase vazia que praticar natação, juntamente com outros nadadores. O risco de receber um chute não supre os benéficos da prática esportiva. As mulheres com excesso de peso se não tiveram problemas de joelhos ou coluna, o andar ou caminhar é a atividade física por excelência. Dando mais importância se deve à postura, à técnica e ao aquecimento prévio.

As mulheres obesas grávidas têm que consultar com seu médico. Fazer várias paradas para beber um pouco de água e urinar é importante. Andar com a bexiga cheia, não é confortável. O andar favorece o trânsito intestinal e redução de tensões, o que se traduz em que os primeiros minutos da marcha para muitas mulheres, lhes sola entrar vontade de recorrer a um serviço.

Os braços e a parte superior das costas podem se fortalecer, sem demasiados riscos, se a aluna mantém uma boa concentração, a postura e a técnica de execução. Fortalecer essas áreas sempre é saudável, mas, neste caso, ajuda a futura mãe a suportar o peso do bebe e a mover-se com maior segurança e desenvoltura.

Os exercícios de fortalecimento de membros superiores (braços), sempre que possível, aconselho você a realizá-los sentados em uma cadeira com encosto alto, mantendo as costas apoiada no encosto e esticada. Quadril flexão de 90 graus e os joelhos, por sua vez, também flexionados a 90 graus, os dois pés apoiados no chão e o olhar alto e para a frente.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: