Estes São Os Segredos Mais Bem Guardados Dos Nutricionistas Para Perder Peso

Estes São Os Segredos Mais Bem Guardados Dos Nutricionistas Para Perder Peso

a Dieta paleo, vegetariano, vegan cru, desintoxicação, flexiteriana, dieta de baixo índice glicémico… e a lista continua. Cada vez são mais os livros e artigos que se publicam sobre como perder peso e não passar fome durante o processo. Para onde se olhe, aparecem novas receitas, técnicas, exercícios e dicas que garantem garantir o sucesso de subirnos para a balança e ver que estamos em nosso peso ideal. No entanto, quanto do que se publica é verdade? O que funciona de verdade e quais são os mitos sobre as dietas para evitar o tão freqüente efeito yo-yo?

nas dietas está estendida o costume de contar calorias como método para perder peso. No entanto, se tornar uma calculadora andante não é eficaz e pode chegar a ficar obcecado. “Não estamos de acordo com a teoria das calorias, o que realmente importa é ter uma nutrição equilibrada e eficaz, onde se priorize a idéia de nutrir o organismo”, diz a bioquímica e a nutricionista, Maria Hernandez-Alcalá.

A especialista garante que pensar que o nosso corpo é uma calculadora “pode vir a ser contraproducente e gerar a obsessão por contar as calorias de tudo o que se come”. Isso pode levar a pular refeições, a provocar problemas alimentares e a deixar de comer certos alimentos cujos nutrientes são essenciais e imprescindíveis para que o nosso organismo possa funcionar adequadamente. Todos aqueles com baixo índice glicêmico e com grandes quantidades de fibra para fazer com que não se tenha a sensação de fome. Serviriam a aveia, quinoa, os grãos inteiros sem processar de centeio ou cevada, os legumes… “, ter uma dieta rica em sementes, frutas e verduras não tem porque ser uma dieta baixa em hidratos de carbono”, conclui a especialista.

Não deveria ser necessário lembrar que pesarnos constantemente para verificar quanto baixou de peso não fará mais do que frustrados ao não ver cair os números na balança. A nutricionista e nutricionista, Sara Antolín, explica que “é conveniente usar a balança de uma vez por semana para manter um controle”, mas sempre lembrando que os números que marca “não define o saudável que estamos”.

  • Sergio 15 de outubro de 2016 at 23:31
  • 4 exercícios para ter a volta de Alessandra Ambrosio
  • O suco de um limão
  • Cristian 18 julho 2016 at 19:24
  • Aumenta suas chances de viver durante mais tempo
  • 10 Mountain climbers
  • 1 pizza de pão árabe, 3/4 de xícara de frutas misturadas e uma bebida sem calorias

Hernandez-Alcalá aponta para o respeito que, quando o organismo recebe os nutrientes que você precisa, você pode “trabalhar ao máximo de sua potência, o corpo muda de forma completamente”. Além disso, a ciência tem demonstrado que o medo gera a liberação de cortisol, a hormona do stress, responsável pela frustração na hora atingir os nossos objectivos.

A liberação deste hormônio, o que pode gerar que guardemos o excesso de gordura. Não há nada pior do que começar uma dieta, com faces longas, pensando que a restrição calórica ou no pouco que podemos fazer salada de tomate e alface. Para garantir o sucesso, é imprescindível desfrutar do processo, uma vez que o objetivo real final deve ser o de adquirir hábitos de vida saudáveis.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: