Em Forma Para O Mergulho

Em Forma Para O Mergulho

Todo bom submarinista é consciente de que manter uma boa forma física é uma parte importante da preparação para o mergulho. Basta estar em boa forma. No entanto, embora o fato de praticar mergulho com regularidade supõe uma atividade física importante, não é suficiente para manter a condição e não é de mais para tentar aumentar nossas habilidades físicas à base de treinamento fora da água. O ideal seria realizar um plano de treino durante todo o ano. Não obstante, se não é assim, pelo menos, há que melhorar a condição física dos meses anteriores a atirar-se à água para mergulhar. Basicamente, realizar uma preparação prévia.

Para se manter em forma, convém fazer atividade aeróbica pelo menos duas ou três vezes por semana. Desta forma, optimizaremos o processo de obtenção de energia sob a água, reduzindo e economizando o consumo, ao mesmo tempo que melhoramos a capacidade de nossos pulmões. Também é recomendado para fortalecer a musculatura do tronco, dado o elevado peso que o nosso corpo tem que estar com o equipamento de mergulho, com especial atenção nos músculos abdominais e lombares.

Não podemos esquecer de reforçar a musculatura de membros inferiores, principalmente de quadril, gêmeos, a tíbia e tornozelo. Tudo isso nos permitirá ter uma vibração muito mais eficaz e, além disso, ajudará a evitar cãibras. Fazer alongamentos diários ajuda a ter uma boa flexibilidade e, no caso dos mergulhadores, se traduz em maior liberdade de movimentos e conforto na água. É uma atividade fundamental em relação à preparação para o mergulho se refere.

  • você Pode consumir em jejum, meia hora depois de comer
  • Segunda-feira: Peito-Ombro -Abdômen
  • Leite desnatado: Tem baixas calorias e fornece cálcio
  • As temidas agachamento
  • Cebola, 1 grande
  • Jantar: Lombinho frito com tomate e aspargos grelhados e chá sem açúcar
  • 1 xícara de sopa desengordurada ou dietética
  • 1 Se eu quero perder peso é adequada esta dieta para mim

Isso sim, tem que ter muito claro que esticar não significa aquecer. Se fizermos o primeiro, pouco antes de nossa imersão haverá pouco tempo de diferença com relação à atividade subaquática e pode mesmo vir a ser prejudicial. Quando se trata de estiramento, o melhor realizá-las nos dias de mergulho e depois do exercício.

Deitado de costas, trata de apontar com os dedos, esticando os músculos das pernas e mantendo os pés tão tensos quanto possível. Convém estar assim durante um minuto e depois relaxar. Repetir três vezes, com um intervalo de 60 segundos entre um exercício e exercício. Você pode fazer também sentado em uma cadeira, ou até mesmo é uma boa opção para praticar em pleno vôo a caminho de umas férias fascinantes de mergulho. Coloca uma caneta no chão e tenta pegá-lo com os dedos dos pés.

toma-o pela assim durante 30 segundos. Repetir com os dois pés. Se não somos capazes de pegar a caneta, podemos testar com um lenço enrolado ou algo semelhante, que seja mais fácil de pegar. Deitado de barriga para baixo, devemos dobrar os braços e entrelaçar as mãos por debaixo da testa. O objetivo é levantar a cabeça, ombros e peito do solo o máximo possível.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: