É A ‘Dieta Perricone’

É A ‘Dieta Perricone’

Se há algo que chama a atenção do aspecto físico da Rainha Letizia é a sua magreza. Tanto que até pode parecer pouco saudável. Mas deve ser o contrário, já que a dieta que supostamente segue a Rainha -já o temos em 20minutos – é considerada uma das mais saudáveis porque prémio isso, a saúde, sobre a perda de peso.

É a ‘Dieta Perricone’, que propõe uma mudança no estilo de vida e a rotina alimentar. De acordo com Bravo, as cinco dietas mais saudáveis são aquelas que propõem uma perda de peso moderada, fácil de manter no tempo e sem efeito rebote. Eles servem quase todos os grupos de alimentos, embora se restringem as quantidades, normalmente para especificar quem são adequadas, e ajudam a treinar os hábitos alimentares e ter uma vida saudável.

  • anti-histamínicos para as alergias
  • 2, 8, 12 e 13
  • 3 colheres de sopa diárias de farelo de aveia
  • Adicione um ovo em alguma refeição principal
  • A coordenação entre movimento e respiração
  • Agitação ao caminhar ou realizar diferentes tarefas
  • Para melhorar o sono
  • É que me disseram

Ajuda a pele, proporciona uma sensação de vitalidade e diminui o envejecimientoEs o caso da ‘Dieta Perricone’, da qual existem duas versões: uma de 28 dias e outra de três, com efeito flash. Ela estabelece diretrizes gerais que potenciar certos alimentos e reduzir outros para diminuir a inflamação e a oxidação das células, responsáveis não só o aparecimento de rugas, mas, também, de outro tipo de doenças.

A ‘Dieta dos dias alternados 2.3.2’ ajuda a perder de 4,5 a 6 quilos em três semanas, dependendo da constituição, o sexo e a atividade física realizada. Como o seu nome indica, divide a semana em três blocos: 2 dias de regime, 3 dias de depuração e 2 dias de alimentação normal.

Os primeiros dois dias são passados ao regime adaptado ao biorritmo humano, onde prima a importância do pequeno-almoço e, à medida que se aproxima a noite, diminui a quantidade de ingestão. Os hidratos de carbono são incorporadas no café da manhã, legumes e proteínas no almoço e jantar, limita-se ao caldo e um leite com 0% de sobremesa. Os dias depurativos garantem o aporte calórico indispensável, 800 quilocalorias por dia, se consomem muitos alimentos detoxificantes, legumes depurativas, frutas ricas em vitaminas, proteínas de alta biodisponibilidade, vinho tinto, chocolate preto e leite, com zero de gordura e açúcares.

O fim-de-semana se realiza alimentação normal, permitindo o consumo de legumes, massas, arroz ou batatas no menu, assim como algum sobremesa caseira, monitorando as quantidades. A ‘Dieta bioptoteinada’ e a ‘Dieta dissociada’ são as últimas aconselhados por esses especialistas. A primeira é recomendada para mulheres com menopausa em que o consumo abundante de legumes nem sempre permite obter a perda de peso desejada. A segunda se baseia em não misturar o consumo de gorduras, carboidratos e proteínas e deixar um tempo de quatro horas entre cada refeição.

é claro que admito fontes críticas, tenho deixado claro em inúmeras oportunidades para cima, o que não ponhas na minha boca palavras opostas às que eu disse. As aceito, óbvio, sempre e quando sejam sérias e objetivas. Em relação ao artigo de comsumer, sabendo-se que o sistema de vendas multinível (através de distribuidores independentes, somente), não permite a existência de centros próprios da empresa. Lembre-se que amanhã eu posso colocar um quiosque de nome coca-cola, e ninguém pode objetarme. Como eu disse acima, peço que procure alguma prova que o centro e a empresa se vincular.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: