Controlar O Peso Para Evitar Riscos Para A Saúde

Controlar O Peso Para Evitar Riscos Para A Saúde

A menopausa ocorre na mulher uma diminuição de estrogênio que causa uma redistribuição da gordura que se acumula no abdômen. Em consequência, uma mulher pode ganhar, em média, de 2 a 4 quilos. Diante da menopausa, os especialistas aconselham melhorar os hábitos de vida e controlar o peso para evitar riscos para a saúde.

As hormonas femininas ou estrógenos influenciam a distribuição da gordura. Durante o período fértil se deposita nos quadris e seios e quando cessa a atividade ovariana se concentra no abdômen. Mais inflexível se mostra, o presidente da Associação Espanhola para o Estudo da Menopausa, o ginecologista Francisco Sánchez Borrego: “A menopausa não engorda, isso é um tabu”.

  • Adicione o álcool
  • 1 Como tomar
  • 16 / 42
  • 100 gramas de frango (cozido com um pouco de água em vez de óleo)

Este médico explica que, até mesmo, “poderá haver uma discreta perda de peso, pois diminui o volume de massa muscular das coxas e glúteos, mas ganha-se massa adiposa que se deposita no cinto abdominal”. A nutricionista do Instituto de Obesidade de Madrid, Marta Ruíz, explica que as alterações hormonais da menopausa provocam uma retenção de líquidos, uma desaceleração do metabolismo e armazena mais gordura, principalmente no abdômen.

A especialista considera que a mulher pode sentir um aumento da ansiedade, especialmente nas tardes e noites, o que leva a comer mais, especialmente doces. Em relação à retenção de líquidos, o endócrino Estêvão Jodar explica que os hormônios, tanto estrogens como progestina, “modulam de certa forma,” as reservas de água no nosso organismo. Daí, a sensação de inchaço, que pode sofrer a mulher em determinados momentos do ciclo.

Controlar o peso é importante para o bem-estar pessoal e a auto-estima, mas, sobretudo, para a saúde. A gordura abdominal pode resultar em risco de doenças cardiovasculares, diabetes ou câncer, especialmente de mama e cólon. O exercício contínuo será o melhor aliado para a perda de peso. O doutor Jodar assegura que “se pode contrariar perfeitamente” esses dois ou quatro quilos que você ganha quando chega o climatério, “o que é mais complexo, é mudá-los de sítio”. Alimentação variada e rica em alimentos que sejam diuréticos/drenantes: abacaxi, morango, melancia, frutas vermelhas, amoras, abobrinha, abóbora, pregos, aveia ou salsa. Consumir produtos lácteos enriquecidos em cálcio para evitar a osteporosis.

Comer alimentos ricos em hidratos de carbono complexos e fibras (legumes, cereais integrais, legumes,…). Evitar o abuso de produtos ricos em açúcares simples e gorduras (bebidas, bolos, doces). Dieta baixa em gorduras e sódio. Escolher cortes magros de carnes e selecionar preferencialmente peixes gordos. Evitar as frituras, rebozados e empanados. Tomar soja para diminuir os sufocos. Não lanchar ou jantar produtos ricos em açúcares e gorduras: alteram o sono e o descanso. Beber cerca de 2 litros de água por dia, fundamental para a desidratação da pele. Evitar fumar e limitar o consumo de álcool.

5. Decore com cebolas verdes cortadas em fatias e sementes de sésamo pretas e sirva sem demora, se assim o desejar. Esta dieta costuma funcionar a MUITO curto prazo, e quase de forma imediata, já que a maioria do peso que se consegue perder é de líquido retido no corpo (NÃO de gordura corporal, que seria o ideal).

O que a torna ideal para tirar alguns quilos de cima de forma rápida para uma ocasião especial como um casamento, etc., Não se recomenda, em nenhuma circustancia prolongar esta dieta, já que uma dieta exclusivamente à base de abacaxi tem muitas deficiências em vitaminas e minerais. É impossível obter todos os nutrientes necessários para que seu corpo funciona de forma ideal, apenas a consumir abacaxi.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: