Zaarly, O Mercado Online De Proximidade Para Qualquer Coisa

Zaarly, O Mercado Online De Proximidade Para Qualquer Coisa

Zaarly é um mercado para as coisas que não têm mercado. É novo e ao mesmo tempo muito simples. É uma plataforma para comprar e vender bens e serviços para as pessoas que você tem ao redor e que nem sequer sabe que tem opção de vender. Tudo através do celular e com total anonimato até o momento da transferência.

Zaarly, entra em um mercado com um potencial tremendo, o de ser um suporte para as coisas que não têm onde comprar e vender. Tem um pouco de eBay e um pouco de Segunda mão, mas é para celular, é executado em tempo real e está baseado na localização.

  • Opções binárias
  • 4 Presença em rankings nacionais e internacionais
  • Coloque o nome para o seu negócio
  • 1 Bairros 4.1.1 Pequeno México

Aproveitando a SXSW em Austin, Bo Fishback lançou sua nova startup com o objetivo de que esse ambiente de amantes da tecnologia, dar boa conta do potencial dessa idéia. Um projeto em que confiou e que tem atraído a atenção de inúmeros investidores como Ashton Kutcher e Paul Buchheit, e que lhe permitiu ganhar o primeiro prémio do Startup Weekend. Fishback confia em seu produto, tanto que deixou seu posto como presidente da Kauffman Foundation para iniciar esta startup. Assegura que, talvez, necessite de uma “mudança de mentalidade”, já que se passa de um processo de compra e venda anônimo para um totalmente pessoal. Finalmente, está o modelo de negócio.

Pizarro tentou convencer seus homens para que o seguissem adiante, no entanto, a maioria deles queria desertar e voltar para o Panamá. Tafur chegou à ilha do Galo em agosto de 1527, em meio da alegria dos homens de Pizarro, que viam assim concluído os seus sofrimentos. Foi nesse momento que ocorreu a ação épica de Pizarro, de traçar, com a sua espada uma listra nas areias da ilha, incentivando os homens a decidir entre seguir ou não na expedição descobridora.

apenas cruzaram a linha treze homens. A deus por isso, pois havia sido servido de ponelles no coração da hangout”. Seus nomes ficaram na História”. Nesse mesmo dia, Pizarro, ordenou a navegar para o sul, deixando a Gorgona três dos “Treze” que se achavam enfermos: Cristóvão de Peralta, Gonzalo Martín de Trujillo e Martín de Paz.

A perseverança indoblegable de Pizarro daria os seus frutos. Os expedicionários chegaram até as praias de Tumbes (extremo norte do atual Peru), a primeira cidade inca que divisaban. Lá, um orejón ou nobre inca se lhes aproximou em uma jangada, sendo recebido polidamente por Pizarro. O nobre convidou Pizarro que desembarcase para que visitasse Chilimasa, o cacique tallán da cidade de Tumbes, que era tributário do Império Inca.

] Então, foi enviado para o grego Pedro de Candia, para que com seu arcabuz demonstrasse aos índios o poder das armas espanholas. Pizarro, ordenou que continuar a exploração mais para o sul, percorrendo as costas dos atuais departamentos peruanos de Piura, Lambayeque e A Liberdade, até a foz do rio Santa.

Em algum ponto da costa piurana (possivelmente em Sechura), reuniu-se com a cacica aldeão, da etnia dos tallanes, a que os espanhóis deram o nome de Capullana, pela forma de seu vestido. Durante o banquete com o que lhe agasajó a Capullana, Pizarro aproveitou para tomar posse da região em nome da Coroa de Castela.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: