Tudo O Que Sabemos Sobre Final Fantasy VII Remake

Tudo O Que Sabemos Sobre Final Fantasy VII Remake

Final Fantasy VII Remake apresentou o passado E3, em Los Angeles. Antes de começar a detalhar os planos da Square-Enix para a história de Final Fantasy VII Remake, recomendamos a leitura deste artigo de nós, que nos parece uma boa decisão de levar a cabo este título em formato episódico.

A história de Final Fantasy VII Remake, no fundo será totalmente igual à do título original lançado lá por 1997 para o primeiro PlayStation. Vamos remarcar o ‘pano de fundo’ porque, Nomura, diretor do título já foi comentado que ampliarão e explicarão melhor parte da história que por motivos técnicos tiveram que ser cortados em Final Fantasy VII original.

  • Algumas estratégias a seguir para o sucesso em suas redes sociais
  • quadro-negro transmite ao computador as instruções
  • “Do it yourself”, ou DIY
  • 2 Comunidade de parceiros
  • Árvores de função recursiva e conversão de árvores em regras
  • 18 Unidade Tática de Resgate

Outras partes, no entanto, serão inteiramente novas. E até mesmo os planos de Tetsuya Nomura, que está disposto a incluir, de alguma forma, Crisis Core dentro do título, já que ele mesmo foi designer no spin-off que conta a história de Zack de Soldado. Não sabemos de que forma gostaria de introduzir o título de PSP. Talvez seja através de flashback, com alguns colecionáveis. O que querem dizer essas palavras?

Como já mencionado, este artigo falar sobre o formato de lançamento, que terá Final Fantasy VII Remake. Ao igual que o desenvolvimento da história do primeiro capítulo que a Square-Enix já comentou que estava finalizado, vamos terminar a parte onde detalhamos a história com uma notícia exclusiva para Areajugones. Durante a passada PlayStation Experience por fim pudemos ver em movimento aqueles mudanças ‘radicais’ que nos anunciou Nomura. Nas próprias palavras de Yoshinori Kitase, ele define o sistema de batalha como: “Um sistema que não está totalmente baseado em ação, no entanto, tem mais desse elemento e de ação em tempo real do que os jogos anteriores”.

E como o próprio produtor do jogo, diz. Final Fantasy VII Remake continuará possuindo uma barra de ATB (Active Time Battle) que nos impedem de fazer ataques basta acessar o sistema com o toque de um botão repetidas vezes como se de um Action RPG se tratasse. A equipe de desenvolvimento pretende-se que Final Fantasy VII Remake tenha um alto valor de estratégia em seus combates, podendo combinar materiais, itens, armas de forma adequada para se obter a vantagem nas batalhas.

é claro, os limites continuam a ser um factor importante, uma explosão de ira, que desemboca em um poderoso ataque, cada um deles único para cada personagem. Quando o indicador de ATB se torna vermelho, poderemos fazer um poderoso ataque diferente dos Limites. Outro aspecto a ter em conta é que poderemos controlar até três personagens em combate, embora, obviamente, não de uma vez, se não podemos alternar entre eles quando quiser.

Enquanto não tivermos um personagem controlado por nós, será que a IA (Inteligência Artificial), que se encarregue de controlar o personagem. Square Visual Works trabalhará de cheio em Final Fantasy VII Remake e não serão dedicados basta acessar o sistema a desenvolver as cinemáticas, como vinham fazendo até agora. CyberConnect2 participa de forma ativa no desenvolvimento de Final Fantasy VII Remake. Os criadores da série Naruto Ultimate Ninja Storm estão concentrando todos os seus esforços em depurar a parte gráfica e em melhorar e dinamizar o sistema de combate.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: