Treinar Para Um Ironman, Sem Lhe Dar Nem Do Trabalho Ou De Casa

Treinar Para Um Ironman, Sem Lhe Dar Nem Do Trabalho Ou De Casa

Muita gente me pergunta muitas vezes. Como tirar tempo para se preparar para uma prova que exige um treinamento mínimo de seis dias por semana, durante nove meses? Não há uma resposta única nem fácil. As três palavras que me ocorrem como resposta terminam em “íon”: paixão, organização e improvisação. Demos pelo fato de que o aspirante a Ironman tem clara a sua paixão. Se tudo isso nos dá uma resposta favorável, o próximo passo é informar. Que todo o mundo saiba que nas próximas trinta e tantas semanas vamos estar imersos em uma viagem que muito pouca gente entende. A partir daí, é questão de cada um. Como eu faço eu?

Pode-se dizer que tudo sopram a favor. As horas entre as 9 e as 11 da manhã, são vitais. Duas horas em que cabe uma sessão de corrida a pé ou de bicicleta. A hora de comer é fundamental para meter o que não caiba pela manhã, bem corrida ou natação.

Para as sessões mais longas, de manhã, aos sábados e aos domingos ou nos dias de folga durante a semana são perfeitos. Visto assim parece simples, mas não é. Não trabalhar de manhã cedo significa acabar tarde da noite. De madrugada. Ou seja, dormir pouco. Seis, sete horas. Não mais.

Treinar à hora de comer, significa não comer ou comer mal, ou mais rápido, e renunciar a qualquer ato social. O treino cabe, sim, claro que cabe. Mas, por trás, existe uma equipe que se alto se você se apressar a chegada à reunião do meio-dia ou você é o último a voltar a comer.

  1. Define as redes sociais em que você participa
  2. 6 quais são as 3 palavras define seu blog
  3. 6 Comercialização horizontal
  4. 19:44 horas. Um dos homens a ter em conta no final
  5. Anúncios em televisão, rádio e cinema
  6. Ana Segurado. Diretora de Open Future
  7. torne-se um escritor de artigos
  8. 3 Critérios do DSM-IV-TR

É impossível fazê-lo sem a cumplicidade do computador familiar e de trabalho. Apenas pessoas que estejam ou tenham estado envolvidos na aventura sabem do que estamos falando. Que não se despedido do trabalho ou de casa é, simplesmente, um ato de generosidade. Acabou um ciclo de três semanas e chega a regenaración. Esta última tem sido intensa, com três sessões de piscina que complicam a vida. No sábado, tinha que ter corrido uma hora e meia, mas não pude por razões familiares e de trabalho.

A mudança, dormi um pouco mais e descansé depois de 8 dias de treinamento seguidos. Vou recuperar a sessão de segunda-feira e atraso de um dia da semana de regeneração. Total, é a mudança de um dia para o outro. Quero descansar bem, porque o próximo ciclo tem muito mais volume e coincide com todas as datas de natal. Como é que eu vou fazer?

nas sociedades pré-capitalistas, em maior ou menor medida, o domínio das diferentes comunidades e corporações sobre os seus particulares meios de produção eram simultaneamente parte de sua própria soberania política, e vice-versa. Marx aponta, então, como a abolição da escravidão antiga conduziu, durante a Idade Média, a um envolvimento de todo o mundo do trabalho na propriedade sobre a produção e, portanto, no universo do político.

no entanto, a esfera política era, necessariamente, não-universal. Na Antiguidade, a esfera política coletiva das cidades-estado se limitava ao militar e ao comércio exterior, e pouco afeta a vida econômica camponesa que se regia por relações de parentesco que eram da política comunitária. O estamento ou a corporação não só se baseiam na separação da sociedade, como lei geral, mas também separam o homem de seu ser geral, fazem dele um animal que coincide diretamente com o seu determinabilidad.

a Idade Média é A história animal da humanidade, a zoologia. Na Idade Média, o trabalhador integra uma corporação. A sua pertença a esta ou aquela corporação, a tal ou qual ordem, depende do trabalho que realiza. Pertencer a uma constituinte implica participar do Estado, uma vez que o ‘Stand’ da Idade Média, o estamento da Idade Média, é essencialmente político. De modo que o indivíduo que integra uma corporação participa da universalidade do Estado.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: