Planos De Pensões, Mitos E Lendas

Planos De Pensões, Mitos E Lendas

Quando chega o outono, os bancos nos saturar com campanhas para colocar-nos um plano de pensões ou realizar a contribuição do ano com dois doces, tablet ou tv de plantão, e que o seu benefício fiscal. É dizer, para que você reduza a sua fatura fiscal na declaração do imposto de renda do próximo ano.

Mas atenção, não é ouro tudo o que brilha. A tributação sobre este produto financeiro é uma “miragem”, qualificam-se desde a Organização de Consumidores e Usuários (OCU), porque “não se poupa em impostos, mas apenas se adia o pagamento dos mesmos”. Efetivamente, a redução do imposto é reduzida a base de cálculo do IRPF as quantidades apresentadas em um plano de previdência -máximo, 8.000 euros por ano-, em função de seu trecho fiscal.

Isto significa que quanto maior o salário, mais vantagens você ganha. Portanto, os planos de pensões não beneficiam de vantagens fiscais para aqueles que têm salários baixos. A Associação Portuguesa de Consultores Fiscais e Gestores Tributários (Asefiget) coloca estes exemplos: com uma base de 30.000 euros e uma contribuição de 8.000 euros, poupança fiscal é de 1.350 euros.

No entanto, com um salário de 60.000, fornecendo a mesma quantidade, a poupança fiscal é de 2.200 euros. Para rendimentos superiores a 500.000, o benefício fiscal é de quase a metade do investido. Segundo a Direção Geral de Seguros e Fundos de Pensões, a contribuição média para planos de pensões é de 1.375 euros anuais.

  • Uma etapa de medição
  • Aprenda a utilizar Instagram Insights
  • Define o seu público-alvo
  • Engagement Twitter = ((# eu gosto de + # retuits + nº de menções)/ Usuários alcançados) x 100
  • Gerar clientes potenciais (Facebook Lead Ads)
  • Analisa dados de seguidores
  • Honoré de Balzac

76% dos participantes contribui cada ano com menos de 300 euros. Agora, isso não paga a Fazenda enquanto vai fornecendo quantidades, terá que pagar quando resgate o seu dinheiro, e o fará, novamente, em função de sua taxa fiscal, como rendimentos do trabalho. Cuidado, porque você pode perder a sua base e que, ao final, pagar mais impostos.

neste sentido, o diretor de Previdência Social do March JLT, Álvaro Monterde, recomenda-se não resgatá-lo todo de uma vez. Os especialistas, de fato, recomendam diversificar e economizar para a aposentadoria em outros veículos de investimento. Se bem que, a escolha de outros produtos depende de sua aversão ao risco, porque a maior rentabilidade, mais chances de perder o dinheiro. Normalmente, os poupadores que destinam parte de seu patrimônio para a aposentadoria se mostram conservadores e preferem a segurança em detrimento do interesse.

daí, que para 90% deles seja o veículo mais adequado, dizem em Abante Consultores. Assim, em torno de 75% do patrimônio investido em planos de pensões está sobre os ativos de renda fixa (dívida), que atualmente rentan pouco. O desempenho é “muito baixo ao ser investidos principalmente em renda fixa e monetária e fundos garantidos. São ativos muito seguros, mas com pouca rentabilidade”, afirma Henrique Borrajeros, diretor de desenvolvimento de Negócios de Abante Consultores.

Em sua opinião, poderiam obter maiores rendimentos se “os bancos não centraran seu campanhas de final de ano, quando as Sacolas são geralmente mais caras”. Abante Consultores recomendam “procurar muito para encontrar planos bem geridas”. Quando você gostaria de começar a economizar para a aposentadoria? É a pergunta do milhão. O que é evidente é que, quanto mais tempo tiver para se aposentar, menos você terá que sacrificar todos os meses do seu consumo presente.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: