Passos Para Implementar Uma Ideia De Negócio

Passos Para Implementar Uma Ideia De Negócio

você Pode pensar em uma ideia de negócio fabulosa, espetacular e em um momento de extrema inspiração, imagina ponto por ponto, como viria a ser a sua empresa. Traçar a estratégia de negócio, imagina até o design de sua imagem corporativa, e já se vê sentado em seu escritório. Parece que já és dono de tudo, mas infelizmente não é assim.

Montar um negócio exige trâmites burocráticos, registros, mais registros, solicitações e burocracia, às vezes desconhecidos, que fazem mais distante no tempo o momento em que te ver inaugurando a abertura de sua empresa. O melhor é saber que vamos enfrentar e saber gerir esse tempo da melhor maneira, fazendo o nosso processo mais eficiente.

1. Nome da sociedade. O primeiro é recorrer ao Registo Comercial para registrar o nome de sua empresa, após a verificação de que está disponível para seu uso. Seria recomendável decidir este -o que será um dos pilares fundamentais de sua empresa, antes de apresentar-se diante da porta do registro.

  • Palermo (f): Medina e Estrela Cabeça, às quartas –
  • 3 Os Golpes 1.4.3.1 O Golpe de Fleeca
  • Lavado e encerado ecológico
  • Cali: Carvajal e Companhia, 1966. 340p

2. Conta bancária. O segundo passo seria ir à sua entidade bancária para criar uma conta no nome da empresa. Em um primeiro momento, a conta ficaria inativa até que pudesse apresentar as escrituras registradas. Uma vez ativa a conta e entrou o capital inicial necessário, deverá solicitar os certificados das contribuições correspondentes, para levá-las em cartório.

Este processo pode demorar em torno de uma semana, mas sempre dependerá de sua entidade. 3. Assinatura das escrituras. O terceiro passo seria ir à venda para proceder a assinatura das escrituras. A empresa pode demorar alguns dias para receber a cópia que você precisa e em desembolso será de cerca de 300 euros na provisão de fundos para despesas pendentes.

4. NIF Provisória. Após a assinatura das escrituras, é preciso ir à Fazenda para requerer o NIF (Número de Identificação Fiscal), a chave que permite identificar as pessoas que realizam atividades comerciais, em Portugal. Este NIF será alternativa para o momento. O processo de faz de forma imediata e o custo é de apenas cerca de 2 euros derivados da compra do impresso, modelo 036, mas também pode fazê-lo em casa, via telemática e entregar o impresso na Fazenda. Se preferir, você também pode delegar este passo na sua cartório de confiança, mas sim, se reflectirá os honorários posteriores.

6. Registro das escrituras.

5. Liquidação de impostos. Para liquidar o imposto sobre transmissões patrimoniais e actos jurídicos documentados, você terá que ir à Fazenda representante de sua Comunidade Autónoma. 6. Registro das escrituras. No Registo Comercial territorial você terá que registrar as escrituras. O processo conta com uma duração aproximada de 15 dias e requer uma despesa de cerca de 100 euros, a título de provisão de fundos. 7. Credenciamento como administrador legal.

O sétimo passo para empreender uma ideia de negócio é recorrer de novo ao Registo Comercial. Lá você deverá solicitar uma nota simples se credencie como administrador da sociedade; trâmite totalmente necessário para proceder com os seguintes passos. Entre dois dias e uma semana você terá em suas mãos este documento, pelo qual você terá que pagar cerca de 4 euros.

9. Obtenção do Certificado Digital da Empresa. A Fábrica Nacional de Moeda e Timbre, deverá requerer o Certificado Digital da Empresa, válido tanto para pessoas físicas como jurídicas. 10. Emissão do Certificado Digital da Empresa. Visita Finanças pela última vez (pelo menos, no que diz respeito ao processo de empreendedorismo se refere) para formalizar o seu certificado digital com a senha que você forneceu anteriormente. Após este passo, você já pode instalar o certificado no seu computador. 11. Registre a sua marca.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: