Para Fazer Parte Deste Espaço

Para Fazer Parte Deste Espaço

neste caso, a Fundação Cibervoluntarios, Ação Contra a Fome, a Confederação de Empresários de Málaga e Movimento Idun, cujos projetos foram apoiados, estarão envolvidos com suas ações na Escola de Impacto Social. Além disso, A Roda é o lugar onde os empresários acreditam redes e encontrar algumas respostas e soluções para os desafios que têm pela frente.

A Escola do Impacto Social é formada por três ações para facilitar o crescimento e evolução dos participantes: Programa de Capacitação, Transferência de Impacto Social e Espaços para a Co-Criação. Por um lado, no mês de junho começa um ambicioso programa de treinamento, que desenvolve uma dezena de dias ao longo do ano, facilitadas por profissionais que são referência em cada uma das matérias.

Terão uma metodologia claramente aplicada, já que “o objetivo é que os participantes possam colocar em prática seus projetos, os instrumentos e conhecimentos trabalhados em cada sessão”, explicou Mata. No dia 29 de junho será a segunda sessão, com Imaculada Trapero. As oficinas do Programa de Capacitação estão enquadrados em três grandes blocos de conteúdo: estratégias, ferramentas e habilidades, são detalhado. O primeiro bloco, trabalhará as matérias que ocupam a produtividade e eficácia dos projetos sociais, como o financiamento ou de estratégias empresariais adequadas para a gestão de associações.

Com o segundo bloco, estão a pôr em prática instrumentos utilizados habitualmente no âmbito da empresa privada, que vão permitir melhorar o impacto e a eficiência dos projetos sociais, como o marketing social. Por último, o bloco habilidades, vai servir para trabalhar as competências pessoais dos participantes, através de recursos e táticas para lidar com situações de liderança, gestão e resolução de conflitos, entre outros. Além da capacitação, a Escola vai promover uma Transferência de Impacto Social.

Esta transferência irá ativar um escritório técnica onde qualquer pessoa poderá testar suas dúvidas em torno do desenvolvimento de sua idéia ou projeto social com consultores especializados. Por último, um dos pontos fortes da Escola, são os Espaços de Co-Criação, os espaços de trabalho compartilhado, onde também os empreendedores poderão contar com informações sobre subsídios, concursos e oferta formativa atualizada. Além disso, os Espaços de Co-Criação se vão situar 15 projetos sociais emergentes. A partir desta sexta-feira até o dia 22 de junho, todas as pessoas interessadas em promover a sua ideia ou projecto empresarial socialmente responsável, nos Espaços de Co-Criação podem apresentar a sua inscrição para participar.

  • o Que gostam
  • 3 Sistema circulatório
  • 3 A transferência de tecnologia
  • Modelo de negócios por componentes
  • Define as categorias de conteúdo para o blog
  • Quais são as suas redes sociais

Os 15 projetos sociais participantes irão desfrutar durante os seis meses de uma mentorización personalizado por profissionais especializados para promover suas ideias e projetos para transformá-los em realidade. Para fazer parte deste Espaço, você pode ser solicitado através do e-mail lanoria@malaga.es com os dados de contato e um breve resumo da entidade social ou da iniciativa empreendedora.

O conteúdo de marketing não tem sempre que se tratar de branding. Você pode usar esta ferramenta para fazer com que as pessoas sejam parte de seu canal de vendas também. Pode ser que o seu mercado está saturado, mas é possível que o seu negócio não esteja alcançando os clientes ideais. Para chegar a esses clientes você precisará saber tudo de sua audiência: onde come, onde vive, quais são os seus gostos e necessidades, etc

Algo que muitos proprietários de negócios online se confundem, é crer que fazer um site e fazer com que muitas pessoas estejam conscientes de suas redes sociais pode fazer com que um negócio gere receita. O certo é que não podes esperar que um canal seja a sua única fonte de renda.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: