Os Três Pilares Da Nova Estratégia Em Redes Sociais

Os Três Pilares Da Nova Estratégia Em Redes Sociais

As empresas estão continuamente à procura de novas formas de vender mais e melhor. Por isso que, desde que as redes sociais se tornaram um canal de comunicação com potenciais clientes, sempre procurando a forma de vender através delas. Você pode vender através das redes sociais? Este é um debate tão antigo como as próprias redes sociais (sim, nós podemos dizer ‘velho’, já vão passando anos. O Facebook foi lançado em 2004! Nessa busca da forma de vender (de obter um retorno econômico), as estratégias para as redes sociais têm vindo a evoluir.

é claro que eu também tenho refletido sobre o tema em várias ocasiões. E a raiz de sucessivas mudanças no algoritmo do Facebook, também lhe tenho dado voltas para o que esses supostos sobre as estratégias: Facebook como ferramenta de fidelização e sobre como adaptar a sua estratégia para o ‘novo’ Facebook.

Todas essas e outras reflexões no blog, me dei conta de que cometemos vários erros de base em nossa forma de definir as estratégias em redes sociais, e especialmente quando falamos de vendas. A realidade é que o maior obstáculo das empresas para começar a vender, é para salvar a lacuna criada pela falta de experiência e formação.

Mas, mesmo resolvendo este problema, continuamos encontrando problemas estruturais que impedem que as vendas cheguem. As empresas que têm tentado vender ‘à antiga’, ou seja, campanha de social ads, mais oferta, obtiveram resultados escassos (daí vem o debate sobre se as estratégias em social media funcionam ou não). E, claro, para convencê-los de que têm que mudar o foco para o engagement e buscar a recomendação, em vez da venda, é uma mudança de mentalidade muito radical.

  • 14:00h.- TÊNIS, MASTERS de FINAL, NADAL-FERRER, Teledeporte
  • Qual a quantidade de seguidores têm em cada uma
  • E AGORA? O QUE HÁ QUE FAZER
  • você Também pode juntar-se os mais usados

[Tweet “As redes sociais são um canal de recomendação. Por que não servem para vender as redes sociais? por que ‘apenas’ servem como canal de recomendação? Tão fácil como que os usuários não estão no ‘modo de compra’, os usuários utilizam as redes sociais para que estas foram concebidas como um local de lazer/social (Facebook), informativo (Twitter), networking (Linkedin), etc

O papel das redes sociais é tentar ajudar no processo de tomada de decisões de compra. Por isso, vamos a elas em busca de dicas de nossos contatos ou para a própria marca nos a resolver uma dúvida. Neste ponto, o objetivo das empresas deve ser a busca do engajamento, a criação de relações sólidas com seus clientes ou potenciais clientes. Ou seja, qualidade e não quantidade. O que me leva ao segundo ponto. As empresas reagem quando os usuários se tornam fãs, compartilham algo, mostram o que gostam, etc., o Que problema é esse foco?

de Acordo com estimativas da empresa DataSift (Tim Barker) quando essa primeira interação tem lugar, o usuário já tiver criado em 60% de sua decisão de compra. Por isso, se a sua marca não é a escolhida, você tem poucas chances de convencê-lo. E se é para ser a escolhida, o usuário vai comprá-lo fora da rede social.

O papel da empresa deve ser o de facilitador, não de vendedor. Como consequência deste comportamento, as empresas baseiam suas estratégias em fatos passados. Já que, em sua maioria, os follows ou likes, representam decisões tomadas, não intenções de compra. É claro que existem exceções, mas, se nos concentramos na busca de novos clientes e de vendas, isto é o que costuma acontecer. Vimos que aprender a gerar engajamento é um obstáculo bridgeable (formação e experiência), mas aprender a vender é outra coisa. Então, o que devemos fazer para melhorar os resultados das estratégias?

Para tomar decisões melhores, precisamos de dados em que basarlas. E se não usamos corretamente, não temos esses dados. Então, tomaremos decisões baseadas em intuições, não em dados. Um dos problemas mais importantes é a dificuldade em medir cada uma das ações que são realizadas. Fazê-lo corretamente requer metodologia, ferramentas e uma grande disciplina, mas se não o fizermos, estamos perdidos.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: