O Porto De Santa Maria

O Porto De Santa Maria

O Porto de Santa Maria é uma cidade e um município da espanha na província de Cádiz, na comunidade autónoma de Andaluzia. É o quinto município mais populoso da província e o 15º da Andaluzia. Está situada ao sul da península ibérica, na baía de Cádiz, na ribeira e a foz do rio Guadalete. A população do município no ano de 2015 é de 88.335 habitantes.De acordo com o INE, a data de 1 de Janeiro de 2016 contava com 88.184 habitantes.

Navegando sem destino, foi parar justo na foz do rio Guadalete e fundou a cidade, Porto de Pelos.

Tem uma extensão superficial de 159 km2 e uma densidade populacional de 555,57 hab./km2. a capital da província de Cádiz. Segundo a lenda, a cidade foi fundada por Pelos, rei ateniense, que participou da guerra de Tróia. Quando terminou a guerra e voltava para casa, lhe haviam invadido o seu trono, e teve que emigrar. Navegando sem destino, foi parar justo na foz do rio Guadalete e fundou a cidade, Porto de Pelos. Este fato histórico ocorreu em 1184 ou 1183.C, já que a guerra de Tróia teve lugar entre os anos de 1194 e 1184.C, com cerca de 3.200 anos.

] deixando o que hoje é Cádiz como espaços sagrado e a sua posterior utilização como centro urbano dos século VII-VI. A cidade foi transferida para sua sede atual na época imperial romana, como lugar do Portus Gaditanus. Coincidindo com a construção do novo canal de foz do Guadalete, promovido pelo Patrício Vinho Lúcio Cornélio Balbo o Menor, para o ano 19 a. que entrava na cidade pela ponte construída sobre o “Canal de Balbo’ do Guadalete (perto da praça da Ferraria).

  • No meu local podem cancelar com qualquer forma de pagamento
  • 31 canções de amor e uma canção de Guaripolo (2004)
  • 1918: 3.º no Campeonato Amador
  • 3 Período Neocolonial 3.3.1 Luta contra Fulgencio Batista
  • 2 Sistema econômico 2.1 Elementos do sistema económico
  • 33 Batalha de Anta

O Porto de Santa Maria é conhecida como A Cidade dos Cem Palácios, embora a passagem do tempo e protelar provocaram muitos destes elegantes edifícios tenham ficado praticamente em ruínas. Tem como padrão a São Sebastião e São Francisco Xavier, como padroeira Nossa Senhora dos Milagres. É o único município da Espanha e da Europa, em cujo termo municipal encontram-se três presídios. Na atualidade se levam a cabo projectos importantes da cidade, como a união de ambas as margens do rio e a remodelação do centro da cidade.

A lenda atribui a fundação da cidade, em um caudilho ateniense, Por, que, após a guerra de Troia, que fundou uma cidade que levaria o seu nome, o Porto de Pelos. No ano 711, os muçulmanos enfrentaram o exército visigodo na batalha de Guadalete, que implicou a entrada dos árabes na península ibérica. A partir desse momento, a cidade passou a fazer parte do território muçulmano com o novo nome de Amaria Alcanter, Alcanate ou Alcanátir (القناطر), que alguns investigadores traduzem como Porto das Salinas. Em 1260, Afonso X, com a conquista da cidade aos muçulmanos e lhe muda o nome árabe de Santa Maria do Porto.

Mais tarde o nome da cidade foi alterado para que a conhecemos atualmente, é dizer, O Porto de Santa Maria. A bandeira é composta por duas cores são o verde e o amarelo. Cada cor está localizado em duas linhas horizontais na parte superior situa-se a cor verde e na parte inferior o amarelo. Na parte central da bandeira está o brasão de armas da cidade.

] Uma extensão importante do solo do município pertence ao Parque Natural da Baía de Cádiz. O clima da cidade é caracterizada por ser essencialmente subtropical-mediterrâneo, com invernos muito suaves e verões quentes, mas não muito quentes, como consequência dos ventos do oceano. Com uma média anual de 18 °C. Destacam-se os ventos de leste e oeste.

As chuvas não são abundantes (400-500 mm por ano). É de destacar a elevada insolação de mais de 3.000 horas de sol por ano (mais de 125 dias)e que justifica a denominação de Costa de la Luz. Entre a fauna podemos encontrar espécimes de: camaleão-comum, a lisa), panarria, salamanquesa, gaivota argéntea, corvo-marinho, a garça-real, galeirão, borrelho, falcão, t. m., portugal, barletta, pernilongo, andorinha-do-mar, borrelho patinegro, frisada, perna-vermelha, perdiz-do-mar, ouriço, coruja, poupa, golfinho e muar. Quanto à flora abundam: pinheiro manso, carrasco, sabina, retama, aroeira, zambujeiro, urze-do-mar.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: