O Caminho Mais Curto Para Criar Um Negócio

O Caminho Mais Curto Para Criar Um Negócio

Doze da manhã. Sede da primeira balcão único, que foi inaugurado no Brasil. Seis funcionários e dois funcionários das Câmaras de Comércio atendem a cerca de seis ou sete pessoas interessadas em montar seus próprios negócios. A pessoa que nos aluga o local para o café nos disse que podíamos poupar esse pagamento”, queixa-se um casal sentado diante de uma mesa. Sua interlocutora, uma funcionária da câmara Municipal de Campinas, faz um gesto negativo com a cabeça.

Tomamos três exemplos e seguir os passos para colocá-las em prática.

sinto muito, mas é obrigatório pagar o IAE e a câmara municipal. Vocês têm que fazê-lo, não há outra forma’. É um diálogo habitual em qualquer balcão único. Em qualquer uma dessas janelas é possível processar uma empresa em um prazo que varia entre meia hora, uma quinzena e, no ano, de acordo com o tipo de empresa. Tomamos três exemplos e seguir os passos para colocá-las em prática. O profissional autônomo. Chegamos ao balcão único para dar-alta, como conselheiro fiscal. Como os balcões únicos não têm caixa por razões de segurança, nos indicam que devemos pagar a liquidação do IAE no banco e dizem-nos que há um outro lado da rua.

Uma vez feito o pagamento, o funcionário da prefeitura, coloca dois selos, o de Finanças trata da declaração de início de actividade e no da Segurança Social faz o mesmo com a alta no DESAFIA. Passou meia hora e já estamos na rua. A papelada está completo.

  • Importação de Produtos da China
  • 2 Arquitetura 12.2.1 A Ponte suspensa
  • Barbeiro “Requisitos para abrir um salão de cabeleireiro, Descobre e inicia!”
  • 1 E, como adicionar os produtos de forma correta
  • Construa sites para pequenos negócios
  • 9 Cofre, os confidenciais
  • Financiado pelo proprietário
  • 8 Compromisso social

O pequeno negócio. A pequena empresa é o cliente habitual e natural de balcão único. A idéia neste caso é a de abrir uma pequena loja de iguarias japonesas, a que decidimos chamar Wanake. Uma vez apresentadas essas informações para a coordenadora recebemos a primeira objeção. O registro de nomes comerciais é um procedimento que não está incluído no visor e o que devemos fazer por nossa conta, no Registro de Propriedade Industrial.

O resto, explica-nos, podemos despacharlo em apenas duas visitas, em que teremos que realizar cinco formalidades. Na primeira visita, depois de decidir adotar a forma de empresário individual, nos indicam que devemos preencher a solicitação da licença de atividade inócua e de obras, já que queremos fazer algumas modificações no local.

Para isso se exige uma documentação específica, além do pagamento de taxas no banco. O prazo de concessão da licença por parte da prefeitura é de 15 dias. Na segunda visita, pedimos que a alta no IAE, uma tarefa que se realiza o funcionário da Prefeitura de Campinas. Após isso, chega a vez da declaração de início de atividade.

preenchê-lo impresso, 037, levamos uma cópia na carteira e nos dispomos a solicitar o registo no DESAFIA. Como não vamos ter empregados, poupamos a declaração de abertura de centro de trabalho, mas devemos cumprir com obrigações como o carimbo do livro de visitas ou a aquisição de folhas de reclamações.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: