Novos Planos De Pensões À Sua Medida

Novos Planos De Pensões À Sua Medida

Quando ainda continua aberta a ‘guerra das hipotecas’, os bancos aproveitam a reta final do ano para nova, em uma nova guerra: a dos fundos de pensões. A descida das taxas de juro e a grande atração que tem a Bolsa para os investidores têm empurrado as instituições financeiras a mudar de estratégia com os fundos de pensões. Até agora, o cidadão que queria fazer um plano de pensões (um fundo pode integrar vários planos) tinha um grande número de produtos para escolher.

Mas quase todos eram iguais: a maioria investe em renda fixa de médio e longo prazo. Alguns bancos decidiram romper com esta tradição espanhola. Os novos planos que agora se oferecem, e os que estão por vir nas próximas semanas, colocam uma boa parte da poupança de seus clientes em renda variável (ações cotadas em Bolsa).

Os gestores, que até o momento tinham mostrado cautelosos e conservadores, estão dispostos a ser mais agressivos e ousados na hora de investir. A oferta em planos de previdência cresce e os produtos são concebidos à medida do cliente: para o jovem e altamente arriscado, para o de meia idade, que gostaria de assumir um certo risco e, como não, para o maduro-conservador.

  • De que tipo? – Textos
  • Participar nas conversas
  • Kirby, Justin; Connected Marketing, ed Butterworth-Heineman – 2005
  • O Corpo Municipal de Bombeiros da cidade de Valência.[80]
  • Responsive. Que se adapte aos diferentes dispositivos
  • Onde vive

O momento escolhido pelos bancos para iniciar a mudança não foi fortuito. O Governo pretende melhorar a posição dos poupadores com vista para a aposentadoria. De fato, esta semana, vários grupos parlamentares têm mantido contatos para avançar na anunciada reforma dos fundos privados de pensões. Entre tanto, anteontem, sexta-feira, o Conselho de Ministros aprovou medidas que garantem o futuro das pensões da Segurança Social .

O anoitecer do ano, também foi decisivo para iniciar as mudanças. É precisamente agora, quando os investidores mostram maior apetite por produtos que oferecem vantagens fiscais, como é o caso dos fundos de pensões. Os contribuintes buscam opções para pagar menos a Fazenda na próxima declaração do imposto de renda.

Mas antes de continuar, convém recordar as características de um fundo de pensões. Só nos ocuparemos os individuais (também os há promovidos por empresas, os chamados ’emprego’). O principal atrativo é seu incentivo fiscal. Se você tem um plano de previdência, poderá reduzir a sua base tributável, o menor destes dois valores: 15% dos rendimentos líquidos do trabalho, de atividades empresariais e profissionais, ou um milhão de pesetas. Ao contrário dos fundos de investimento, as transferências de capital mais os juros (‘direitos consolidados’) não podem rescatarse até a idade de reforma (65 anos), exceto no caso de invalidez ou morte.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: