“Não Me Preocupam Os Títulos”

“Não Me Preocupam Os Títulos”

“Não vou falar da minha vida privada”, avisa Eva Sannum antes de começar a entrevista. Essa é a sua única condição para responder às perguntas do ABC. A última notícia sobre a vida da exmaniquí é que Geelmuyden Kiese, uma das melhores agências de publicidade e consultoria estratégica de comunicação da Noruega, acaba de nomeá-la de sua diretora criativa.

“O título de diretora de criatividade pode ser visto como uma ascensão, porque agora faço parte de uma equipe de liderança. Mas, pessoalmente, eu não me preocupam muito os títulos ou cargos”, diz o publicitário ABC. “O meu trabalho é mais ou menos o mesmo que fazia até agora. Mas esta companhia, em comparação com a minha empresa anterior (Try/Apt), trabalha diretamente com os diretores e CEOs de nossos clientes, o que significa que eu posso influenciar em um nível mais alto de decisão”.

A opinião pública espanhola lembra Sannum como uma jovem desenfada dedicada a desfilar sobre as passarelas. Nada mais longe da realidade. Em 2002, pouco depois de romper com Felipe, a noruega se licenciou de redatora publicitária (“copywriter”, na gíria) na Escola de Comunicação Westerdals de Oslo e, logo depois, foi contratada pela agência Bates.

  1. Selecionar a posição ideal para competir
  2. Macarena Blanchón. Sócia da Just Be Comunicação
  3. Presença nas redes sociais
  4. 2011: Blessed (com Shermanology) (sob o pseudônimo Tom Hangs)
  5. Herbert I. Abelson, Ph D
  6. 000 entradas para a final
  7. Define os aspectos legais de seu blog

“Eva é talvez uma das melhores “copywriters” que tenho visto sair de Westerdals. É muito boa academicamente e já ganhou vários prêmios”, disse, então, Thorbjørn Naug, diretor criativo de Bates e o homem que a apresentou neste negócio. Desde então, Sannum desfrute de uma ascensão fulgurante na indústria da publicidade. Após sua passagem por essa agência, foi fichada por Try/Apt, onde se especializou em comunicação digital para empresas como a Seat, a Netcom ou Volkswagen e ganhou prestigiados prémios como os que concede Eurobest, Cannes Lions e o New York Festival.

—Quais são suas novas responsabilidades na Geelmuyden Kiese? —Sou diretora criativa da marca. Isso significa que eu sou responsável por parte da empresa que transforma as estratégias de comunicação em comunicação criativa. Trabalho com as estratégias de comunicação e o desenvolvimento de conceitos para campanhas, tanto para clientes de marketing comercial, como organizações e instituições.

—Agora é uma alta executiva. Será que é fácil conseguir um equilíbrio entre a profissão e a vida privada? —Sempre é um desafio conseguir um equilíbrio entre a vida familiar e a carreira. Mas na Noruega, a comunidade profissional está muito preocupada com esta questão, é parte da causa da igualdade de oportunidades entre homens e mulheres.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: