Minha Marca Já Está Nas Redes Sociais, e Agora?

Minha Marca Já Está Nas Redes Sociais, e Agora?

a Nossa marca já está nas redes sociais. Linkedin, Foursquare, Pinterest e Instagram. E por se fosse pouco, também temos um blog corporativo” Ahh! Me parece muito bem. Eu tenho uma pergunta o que é que você pretende obter com cada um desses perfis? Ummm, bem publicar as coisas que passam na minha empresa e… conseguir muitos seguidores.

Faz tempo que não publicamos nada em muitos dos perfis, porque não dá tempo. Esta conversa, mesmo que inventada, bem poderia corresponder-se com o que lhe está acontecendo em muitas empresas. O surgimento das redes sociais e as necessidades dos usuários para se comunicar com as marcas através destes canais é uma realidade que não pode ser evitado e que, sem dúvida, será a mais. Nas mãos das marcas está se adaptar a estas necessidades e agir com sentido ou deixar que passe pela frente como se não fosse com eles.

  • Como compro esse produto/serviço
  • Comunicações internas (meios, canaels, etc…)
  • 10:44 13 jun 2015 (UTC)
  • 2 – GESTÃO DE WIDGETS NO WORDPRESS
  • 90 (discussão) 00:00 22 may 2017 (UTC)
  • Promova sua conta em outras redes sociais
  • Pilar López. Presidente da Microsoft Ibérica
  • 10 – permite prestar Atendimento ao Cliente

Se a sua empresa é que quer pegar o trem, a primeira coisa que você terá que decidir quem será o gestor de comunidade online ou Community Manager que irá fazer o trabalho. Community Manager Interno. Um perfil com experiência no desenvolvimento de projetos que lhe oferece um bom serviço, mas que deverá ter em conta que é uma ficha de mais a somar em seu modelo.

você Também terá a opção de contratar um estagiário. Seu custo será menor, mas você deve estar ciente de que terá muito pouca experiência, por isso você terá que dedicar tempo para que comece a dar rendimento à sua empresa. Especialista na criação de conteúdos e dinamização de comunidades online, através de planos estratégicos. Eu administro a reputação online das empresas, pequenas empresas e startups que querem melhorar sua presença na Internet, e que aspiram a se comunicar com seus clientes de uma forma mais eficaz.

É Sócio-Diretor da Idéia Social, agência de comunicação online especializada no desenvolvimento de estratégia em Social Media, a cura de conteúdos em redes sociais, redação de posts para blogs e formação In-company, a medida em Social Media. Além disso, é co-Fundador da Poolmania, startup para fãs de bilhar, que já é referência do esporte no Brasil. Poolmania oferece, entre outros serviços, de um localizador de clubes, agenda de eventos, forum e de uma loja online que vende todo o tipo de material de bilhar.

Foi selecionada entre os 10 projetos vencedores da 1ª Convocação da aceleradora social Cink Empreende. É Formado em Jornalismo na Universidade San Pablo CEU, de Madrid, com Mestrado em Direcção de Comunicação e Gestão de Publicidade na ESIC (Madrid) e de pós-Graduação em Social Media Management em algumas coisas do fórum. Community Manager Externo. Você pode contratar os serviços de uma agência de comunicação ou um freelancer. Trabalham por projeto e costumam cobrar uma taxa mensal. Não estará dentro do seu computador, mas você não terá que se preocupar com a forma como trabalham. Gerem muitos projetos e encontrar o melhor para sua empresa.

Bom, já temos Community Manager e agora é uma questão de que se ponha a trabalhar. Mas por onde começamos? A casa, o alicerce e não pelo telhado. Própria. Em que ponto está a nossa marca nas redes sociais? Partimos de zero, temos presença testemunhal em Social Media ou somos muito ativos. Qualitativos e quantitativos. Os resultados qualitativos são os que nos vão ajudar a melhorar a nossa imagem de marca, enquanto que os quantitativos te darão resultados sobre a evolução de sua comunidade a curto, médio e longo prazo. Nós Sabemos em quais redes sociais são os nossos potenciais clientes? Quais conteúdos são os que mais lhe interessam? Torne-se estas perguntas e você terá muito gado.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: