Estratégias De Marketing. Conceito, Tipos E Exemplos

Estratégias De Marketing. Conceito, Tipos E Exemplos

O projeto de estratégias de marketing é um dos principais aspectos a trabalhar dentro do marketing. As estratégias de marketing definem como vão alcançar os objetivos comerciais de nossa empresa. Nem todos os produtos de nossa carteira têm a mesma rentabilidade, nem o mesmo potencial. É por isso que precisamos de tomar decisões estratégicas sobre a nossa carteira de produtos, desta forma, podemos priorizar o investimento de recursos, dependendo da importância sobre a realização que estes têm sobre os objetivos de marketing que nós setup.

Para tomar as decisões estratégicas sobre o portfólio de produtos de uma forma correcta e começar a trabalhar nossas estratégias de marketing, podemos utilizar a matriz McKinsey-Ge também denominada matriz atraente-competitividade. A matriz McKinsey é composta por dois eixos. No eixo X, encontramos a “posição competitiva”, enquanto que o eixo y está localizado o “apelo de mercado”.

No eixo de “posição competitiva” devemos avaliar a capacidade de nosso produto para competir contra outras opções existentes no mercado e classificá-lo em um de seus três quadrantes: fraco, médio ou forte. Investir/Crescer: Esta zona da matriz tem prioridade absoluta na hora de alocar nossos recursos.

  • 2 Re: Fotos
  • 39 h. Mourinho quer mais: agora pede a Ghoulam
  • Argandona1 (discussão) 20:47 23 de maio 2017 (UTC)
  • 6 motivos para evitar um blog grátis

Ao realizar a nossa investimento, teremos um rápido crescimento, portanto, destinaremos a maior quantidade possível de nosso investimento. Selecionar/Benefícios: nesta área, você pode investir, mas com um cuidado especial e, dependendo da análise de cada caso. Se, finalmente decidimos investir, existem duas estratégias: 1 – investir apenas para manter a situação atual em que se encontra ou 2 – investir uma quantidade maior de nossa posição orçamental, uma vez que observamos que existe potencial de crescimento.

Colher/Desinvestir: aconselha-se observar nesta área, a curto prazo, retirar os investimentos, recolher benefícios e tentar vender para eliminar o estoque. Em pleno século XXI considerar o mercado como uma unidade e dirigir-se a ele com a mesma oferta é um erro. Talvez funcionasse nos anos 20, quando a economia de escala era o cavalo vencedor das empresas.

naqueles anos, havia muito poucas opções para os consumidores e não tinham por onde escolher. A seguinte frase de Henry Ford é um exemplo do antigo paradigma: “o cliente pode escolher o carro da cor que quiser, contanto que seja preto”. Acaso imaginam, na atualidade, um fabricante de automóveis que apenas os fabrique na cor preta?

Joana

Os comentários estão fechados.
error: