Espanha Abre A Sua Primeira Cooperativa Alimentar Desenvolvida Pelos Vizinhos

Espanha Abre A Sua Primeira Cooperativa Alimentar Desenvolvida Pelos Vizinhos

Valência tem uma horta periurbana única na Europa. De fato, sua irrigação é regulado pela instituição europeia de justiça mais antigo, o Tribunal de lhes Aigües. Só tem que atravessar um dos muitos passos de pedestres V-30, para chegar aos campos de cultivo. Esta riqueza paisagística e cultural poderia fazer pensar que os políticos gostam de legumes, de proximidade e a bom preço o ano todo.

Mas o certo é que os lineares dos supermercados e greengrocers para onde vai comprar o grosso da população têm algum produto local. Para corrigir essa incoerência geográfica nasce ‘Som alimentação exte’, uma cooperativa criada por e para os vizinhos, que será a primeira loja ecológica e de proximidade de Valência. Aberto em fevereiro de 2018, no bairro Da Saïdia. Não será uma loja ao uso, já que não é uma empresa que busca gerar benefícios.

  • Usando dinheiro de outras pessoas (que você não tem, mas elas sim)
  • De formação, etc
  • 3 Exemplo de uma visão ética, em um caso prático de discriminação
  • Competência técnica elevada
  • Música: Alberto Castellanos

pretende Apenas cobrir despesas (pessoal, local, etc), e se há excesso, reinvertirlo no projeto. Existe a figura do sócio-consumidor, que são os proprietários e aqueles que escolhem o tipo de produto que será vendido. Agora mesmo estão estabelecendo os critérios: haverá ecológico, mas também local (sem o selo), pois estão cientes de que a oferta não é suficiente e querem vender todo o tipo de produtos, desde a alimentação até limpeza e higiene. Funcionará com um modelo misto de pessoal, haverá trabalhadores, mas também parceiros voluntários que, em vez de pagar uma taxa mensal com dinheiro (6 euros), o fazem com o tempo (4 horas por mês).

Estes assumirão tarefas de promoção do consumo local e responsável, palestras e outro tipo de eventos, como visitas a produtores. De momento já tem mais de 100 parceiros e esperam chegar aos 200 para garantir a sua viabilidade económica. No País Valenciano de momento só há uma cooperativa alimentar em Sorocaba; no resto do estado, uma dúzia.

nos últimos anos têm proliferado muito os supermercados de produtos orgânicos. Em que se diferenciam? “Existem muitos, mas não temos a capacidade de decidir que tipo de produtos vendem e quais não, com o que nos deparamos com produtos da China, Alemanha ou nem sequer sabemos a sua origem. Este é um projeto participativo”, explica Fernando Navalón, um dos impulsionadores. Também marca o preço destes supermercados biológicos como outra grande diferença: “A política de preços da fixa da empresa e seu objetivo não é dar um serviço aos consumidores, mas procurar clientes. São empresários cujo objectivo é ganhar dinheiro”.

Por isso, os preços de produtos biológicos são muito mais acessíveis, mas esclarece que “nunca vai ser igual” que o dos produtos convencionais, porque “a qualidade é muito superior”. “Mas podemos fazer com que o preço seja o mais reduzido possível e que não seja um mercado de luxo”, remacha. Som alimentação exte pretende ir mais além do ecológico.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: