Cura De Conteúdos

Cura De Conteúdos

]. Em inglês, o termo é definido como “cuidador” e nesse sentido é usado na América, referente ao comissário de exposições, que é conhecido em Portugal como curador de Exposições. De fato, é nos museus onde encontramos a origem da atividade de cura exercida por um comissário artístico.

],o curador ou o curador é quem tem cuidado de alguma coisa, quem cura, ou a pessoa nomeada para cuidar dos bens ou negócios de uma criança ou de quem não pode gerenciá-los por si. ]. “Foi cunhado originalmente por profissionais do mundo do marketing e, atualmente, transcende a todo o tipo de domínios públicos ou privados. Responde à necessidade das empresas e organizações, de profissionais, estudiosos e dos próprios cidadãos, de localizar, filtrar, modificar e distribuir, de forma segmentada, parte da enorme quantidade de conteúdos que são gerados na Internet.

  • Ativação e gestão de redes sociais
  • A Centelha de Perón – Pág.35
  • Há outros documentos que nascem dele e você tem que tê-los prontos
  • Elaboração de estratégias de mercado
  • NÃO siga a gente por seguir
  • 3 Raio Bengala FM
  • 156 (discussão) 17:20 19 de maio de 2017 (UTC)

Com o tempo, a diversidade de internet fez com que a cura de conteúdos adotado como metodologia aplicável a qualquer campo, impulsionado pela curiosidade, audácia, a diversão e o manejo de convergência de diferentes disciplinas. na busca, seleção, classificação, organização e orientação de conteúdos, em função dos objetivos empresariais, institucionais, sociais ou individuais que se pretendem obter com o conteúdo curado. ]) não é um fenômeno novo, embora a sua aplicação nas estratégias de marketing do setor empresarial si é muito recente. Historicamente, museus e galerias de arte têm utilizado essa técnica para selecionar e expor suas obras da forma mais organizada e segmentada possível.

Fundéu BBVA distingue três diferentes tipos de profissionais, englobados dentro da atividade de cura ou curadoria de conteúdos: gestores de conteúdo, gestores de conteúdos e editores de conteúdo. ] a pessoa intermediária crítica do conhecimento, que busca, agrupa e compartilha de forma contínua (lembre-se da Real time web que vivemos) a informação mais relevante (separando o joio do trigo) em sua área de especialização. Ao contrário de outras profissões (criador, por exemplo), seu objetivo fundamental é manter a relevância da informação que flui livre ou apoiada em ferramentas específicas para a criação de ambientes informacionais.

Como valor competitivo, destaca-se o de manter a organização que lhe contrate a par das últimas tendências relativas a esse conhecimento que é vital para sua sobrevivência. Contextualização: ao fim de determinar a matéria a tratar em função da cura e da estratégia que se vai seguir. Filtragem: a informação obtida para depurarla.

Análise: Após a filtragem, analisam-se os conteúdos recolhidos, para proceder à escolha e modificação dos selecionados. Medição dos resultados obtidos: em função dos seguidores obtidos, e as opiniões e reações dos destinatários do conteúdo curado. É o momento do feedback. Estas quatro fases teria que adicionar uma fase prévia de projeto da cura e uma posterior avaliação da mesma.

De todas as fases é a de caracterização ou “sense making” a que traz mais valor acrescentado e há patente mais claramente o trabalho do curador de conteúdo. Para realizar a caracterização existem diferentes técnicas. ] e lista as etapas de um processo curatorial usando o conteúdo da web. Pesquisa: escolha de um objeto de aprendizagem e definição dos limites da tarefa. Seleção e coleta: filtragem de recursos para remover conteúdos inadequados, não relevantes ou irrelevantes.

Interpretação de conteúdo individual: identificação dos pontos de saída de cada material selecionado. Interpretação transversal: notas a partir de uma perspectiva integral, encontrando as relações que articulam conteúdos e anotações. Organização: do conteúdo e das anotações, com vistas à montagem de um roteiro coerente que aborde o objeto de aprendizagem. Narração: apresentação a uma audiência, através de um meio.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: