Comunidade De Aprendizagem

Comunidade De Aprendizagem

]. Antecedentes das comunidades de aprendizagem tem por objetivos a transformação social e educativa. Comunidades de Aprendizagem: um projeto de transformação social e educativa que vai dirigido a escolas de ensino fundamental e médio. Monografia sobre Comunidades de Aprendizagem. Revista Interuniversitária de Formação de Professores continuação da antiga Revista de Escolas Normais.

A diferença nas salas de aula tradicionais, heranças da sociedade industrial, neste modelo educacional que não há apenas um professor que explica certos conteúdos acadêmicos. Nas comunidades de aprendizagem encontramos várias pessoas adultas, entre as quais se incluem os voluntários e voluntárias comprometidos com a educação que apoiam o processo de aprendizagem, contribuindo com diferentes perfis e diversidade nas salas de aula.

Criação de uma organização e um ambiente de aprendizagem. Os processos de ensino-aprendizagem são o centro da instituição escolar. O ensino tem finalidades, tais como: o ensino é planeado para o coletivo e estabelece finalidades claras, expressas e partilhadas pela comunidade. Todos os coletivos envolvidos partem de altas expectativas e também as promovem o resto.

O desenvolvimento da auto-estima. A avaliação contínua e sistemática. A participação dos alunos, da família e da comunidade. A liderança escolar é compartilhado. A educação entre iguais. Na formação de Comunidades de Aprendizagem se dão dois pré-fases: sensibilização e tomada de decisão. Os grupos interativos consiste de três passos.

No primeiro, são agrupados em um mesmo espaço as meninas e crianças em diferentes grupos de acordo com os seus ritmos de aprendizagem. No segundo, os diferentes se lhes tira da sala de aula comum a outras salas de aula com adaptações curriculares. No terceiro passo, o que lhes tira não só da sala de aula, mas do próprio instituto. Os grupos interativos são uma forma flexível de graniza o trabalho educativo em sala de aula. Têm a finalidade de intensificar o aprendizado através de interações que se estabelecem entre todos os participantes.

  • na Holanda, O Twente goleia e se coloca líder
  • 43 Blinder (banda)
  • Onde o vendemos? Âmbito geográfico
  • Pitas e LiveJournal primeiras plataformas para hospedar blogs
  • 2 Joseph Schumpeter
  • 4 – Interaja com seus influencers
  • Indústria crescente

Uma das premissas destes grupos é que sejam formados por pessoas heterogêneas, dessa maneira potência que os alunos se ajudar entre si, provocando um aprendizado muito mais motivador e compressível a sua vez. Outra das prioridades é a formação de família e familiares. Nas comunidades de aprendizagem, as famílias não só se formam, mas que participam no plano igualitário às comissões de trabalho que são criados para levar avante uma das prioridades.

↑ Rodrigues de Mello, R. (2011). Comunidades de aprendizagem: Democratização dos centros educativos. ↑ Elboj, C. e Oliver, P. (2003). As comunidades de aprendizagem: Um modelo de educação dialógica na sociedade do conhecimento. Revista Interuniversitária de Formação de Professores. ↑ Garcia Cabrero, B., Márquez, L., Neto, A., Miranda, G. A. e Espíndola, S. (2008). Análise de padrões de interação e construção do conhecimento em ambientes de aprendizagem on-line: uma estratégia metodológica.

↑ Elboj, C., Valls, R. e Fort, M. (2000). “Comunidades de aprendizagem. Uma prática de educação para a sociedade da informação”. ↑ Chacón, M., Silveira Q., Zoraida B. e Molina (2008). “Comunidades de aprendizagem”. ↑ Smith, B. L. (2001, Fall). Challenge of Learning Communities as a Growing National Movement.

↑ Serradell, O., e Racionero, S. (2005). Antecedentes das comunidades de aprendizagem. 194 Arquivado em 23 de outubro de 2014 no Wayback Machine. ↑ Palomar, J. D., & Seta Garcia, J. R (2010). “Comunidades de Aprendizagem: um projeto de transformação social e educativa”. 2010). “A leitura dialógica e transformação das comunidades de aprendizagem”.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: