Como Você Usa Os Timelines Em Sala De Aula?

Como Você Usa Os Timelines Em Sala De Aula?

Os eixos cronológicos, ou linhas de tempo são usados tradicionalmente para a aula de história, como uma forma simples e eficaz de representar marcos ou eventos. Mas a sua utilização pode ser estendida a muitas outras disciplinas e temas, sempre que possam ser estruturados de forma cronológica. Além disso, com as novas tecnologias, as linhas de tempo (timelines) se tornam interativas, mais atraentes e visuais com possibilidade de adicionar imagens, vídeos ou links.

Hoje, oferecemos uma série de recursos gratuitos para que você se anime a construir as melhores linhas de tempo TIC com os seus alunos. 1. Timeline. Simples, rápida e intuitiva, esta aplicação ajuda-o a criar linhas de tempo, passo a passo, organizadas por datas ou marcos. É só ir colocando os fatos destacados sobre o eixo temporal e incluir um texto e uma imagem (opcional). Você pode salvar o projeto para abri-lo e continuar em outro momento, ou fazer o download do resultado final em PDF. Perfeito para um primeiro contato com a elaboração online de eixos temporários e para que seus alunos aprendam a usá-lo rapidamente.

2. Dipity. Permite criar linhas de tempo interativos e online muito completo, que pode incluir vídeos, áudios, imagens, textos, links ou geo-posições. Além disso, você pode compartilhá-los e interagir com outros usuários, ou configurá-las para que sejam atualizados automaticamente com a informação de um feed de RSS determinado. Há uma versão paga, mas a gratuita tem todas as funcionalidades básicas.

Este vídeo tutorial explica como utilizá-lo. 3. Timeline JS. Sua interface é menos intuitivo, já que exige o uso de uma folha de cálculo do Google Spreadsheet em que se introduzem os textos e as imagens. No entanto, gera linhas de tempo muito visuais e completas que podem ser integrados em páginas da web com um simples código. Aqui e aqui você tem linhas de tempo criadas com esta ferramenta e este tutorial (em inglês) irá ajudá-lo a usá-la.

4. TimeRime. Outra opção útil para criar linhas de tempo disponíveis on-line, em português, e obtida a partir das imagens. Se situam as fotos na linha do tempo e ao passar o mouse sobre aquelas mostra a informação. Este é um exemplo de como se representam as linhas temporais com TimeRime.

neste tutorial você pode aprender a usá-lo. 5. Tiki-Toki. Uma ferramenta que tem muito em conta a estética e até mesmo permite fazer eixos temporários em três dimensões como este. Este vídeo mostra os passos básicos para criar uma linha de tempo com o Tiki-Toki. Há uma versão gratuita que permite criar um timeline, por conta e diversas opções de pagamento.

  • Jalu (discussão) 12:43 22 abr 2013 (UTC)
  • Se TV (ex-Canal Familiar, É visto por CableVisión e Cablevideo Santa Fé)
  • 4 4) Fixar um público e uma duração
  • Tive mais likes nas minhas fotos
  • Média do engagement no seu site ou blog: social share e comentários (ferramenta Sharedcount)
  • Plugin para criar as caixas de subscrição e landing pages: Thrive leads
  • Financiado pelo proprietário

6. MyHistro. Uma divertida combinação de mapas e linhas de tempo, perfeita para contar histórias ou fatos que acontecem em diferentes localizações. Ao finalizar, você pode baixar o resultado em PDF, exportá-lo como um mapa do Google Earth e também incrustarlo em um blog ou site. Você pode ver alguns exemplos aqui e observar como é usada neste tutorial (em inglês). Você usa alguma outra ferramenta para criar linhas de tempo que você quiser falar de nós? Como você usa os timelines em sala de aula? Ajude com seu voto para ganhar os Prêmios Educa 2015! Basta clicar na imagem.

Ao fim de um ano de Google, o empreendedor programador se aproximou de Marissa Mayer e outros executivos do Google acreditaram no projeto de um protótipo de uma nova rede social. Buyukkokten personificava o espírito de seu serviço, assim que decidiram dar-lhe o seu nome. O Orkut, uma rede social muito bem projetada e aberta a todo o mundo. No início arrasou nos Estados Unidos e se mantinha junto a um florescente MySpace. Mas, no final de 2004, havia sido adotado pelos brasileiros.

Uma campanha de base feito no Brasil para obter mais adesões do que nos Estados Unidos havia captado a imaginação dos jovens brasileiros. Os norte-americanos começaram a abandoná-lo. Hoje em dia o Orkut, ainda nas mãos do Google, continua a ser uma das redes sociais mais extensa e mais sofisticadas do mundo. Outros 20% de seus usuários vivem na Índia. A diminuição de expectativas do Google com relação ao Orkut pode ser, talvez, pelo fato de que, em 2008, a sede do Orkut, foi transferida para o Brasil.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: