COMO VENDER SEUS ARTESANATOS NA INTERNET SEM INVESTIR

COMO VENDER SEUS ARTESANATOS NA INTERNET SEM INVESTIR

Quando se está a pensar vender seus artesanatos pela internet você percebe que você tem inúmeras possibilidades ao seu alcance para fazê-lo. Esta plataforma é legítimo? Como eu Me cadastro neste outro marketplace porque há muito mais pessoas? Sim, se todos começam lá vai ser por algo, claro que… ¿ ¿Terminaré vendendo alguma coisa ou não? Quanto tempo eu vou ter que dedicar?

Agora, também foram muitos os artesãos, que se mostraram felizes com a sua própria loja.

o Serei capaz de geri-la em tudo? Nesse artigo, a opção mais destacada como o mercado (que, para que nos compreendamos é uma loja de shopping, algo assim como uma espécie de centro comercial online), foi Etsy. Agora, também foram muitos os artesãos, que se mostraram felizes com a sua própria loja. Além disso, ao dispor de seu site, você economiza as comissões e o mais importante, os comentários que fizer serão realmente clientes seus. Em qualquer caso, entendo que, para iniciar uma quer testar o terreno sem arriscar muito e se surgir começar a vender em plataformas online de outros.

Agora, além de Etsy, existem muitos outros mercados online em que você pode vender seus artesanatos. Outra coisa é que os conheça. Que não se fale tanto essas outras plataformas não quer dizer que sejam melhores ou piores do que Etsy. São simplesmente diferentes. Todas elas têm seus prós e seus contras. Os sites abaixo você provavelmente já conhece, mesmo que seja de ouvir, porque são as que mais soam no mundo craft. Todas permitem a você criar a sua loja virtual dentro dela, com seu nome, logotipo e descrição; expor seus produtos, atender aos seus clientes e gerir os pedidos e os pagamentos. Assim que funcionam de modo muito parecido.

  • A venda indireta em lojas multimarca tem uma vantagem: trabalhamos sobre encomenda
  • Conseguir um parceiro
  • retira-te Jovem e Rico. Como tornar-se rico de repente e para sempre (2001)
  • Relatórios de resultados (usando ferramentas como o Google Analytics)

Como já se adiantava, Etsy é a mais famosa a nível global, e muito especialmente nos Estados Unidos. DaWanda destaca-se particularmente na Europa, com muita afluência de público alemão. E Artesanum foi dado a conhecer, principalmente em Portugal. Etsy é uma plataforma americana que tem vindo a crescer em popularidade desde que foi criada, em 2005, até se tornar o marketplace número 1 para vender handmade a nível mundial.

nela você pode vender todos os tipos de produtos feitos à mão, assim como vintage e até materiais e padrões DIY. Além disso, você pode encontrar fóruns e grupos de discussão com bastante actividade em que se conectar com pessoas afins. A maioria está em inglês. O volume de tráfego tão enorme que tem esta plataforma cada dia, principalmente proveniente dos Estados Unidos, é um dos marketplaces preferidos por muitos artesãos para arrancar. Abrir uma loja é mais fácil do que possa parecer, a priori, especialmente se você seguir este passo a passo em que explico passo a passo e com todo o luxo de detalhes como você pode abrir sua loja na Etsy.

Criar a sua própria loja no Etsy, não te custará nada. O que, sim, você terá que pagar uma taxa de publicação de 20 cêntimos de dólar por cada artigo que você colocar à venda em sua loja, além de uma comissão de 3,5% por cada transação. DaWanda é um marketplace de origem alemã para vender handmade muito popular em toda a Europa.

É uma plataforma muito completa e se eu tivesse que resumir em uma frase o que é e como funciona você falaria a ela como “o Etsy europeu”. Dawanda foi fundada um ano depois, em 2006, e se parece muito com Etsy quanto ao design do site, a estrutura das lojas e funcionamento.

como Etsy, conta com uma comunidade e fórum. Estes funcionam em inglês, mas isso não representa nenhum problema para jogar o resto do mercado, porque está perfeitamente adaptado para os usuários espanhóis. O blog em português não é actualizado há algum tempo. Parece que os responsáveis foram inclinado por manter em dia as redes antes que o blog e conectar-se lá o público de forma mais direta.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: