Como Vender Mais Através Dos Influencers

Como Vender Mais Através Dos Influencers

Sim. Os influencers podem ajudar a que as marcas aumentarem suas vendas. Certeza que muitos ouviram falar do caso ‘Lord&Taylor’. Para promover sua nova linha de roupas enviou 50 vestidos idênticos aos 50 blogueiros de moda. A marca de moda pediu a estas influencers que subissem ao Instagram as imagens delas com o vestido em questão. O modelo, que custava 80 euros, se esgotou em poucas horas em sua loja online. Algo parecido aconteceu com a empresa espanhola Mioh. Qual foi a sua surpresa ao ver a imagem de Paula Echevarría, uma das mais influentes TOP de nosso país, com um de seus vestidos no seu perfil do Instagram.

Quando as próprias usuárias identificaram a marca se lançaram em massa para encomendá-lo através do site. Embora a empresa soube gerir bem a avalanche de pedidos, o certo é que aconteceu o que a atriz consegue muitas vezes: que o seu modelo travar o cartaz de sold out. Mas as marcas de moda não foram as únicas em verificar a conversão que tem em termos de vendas deste tipo de estratégias com influentes, pessoas com uma grande comunidade de fãs e um grande envolvimento com os seus seguidores. Filippo Berio, uma conhecida marca de óleo, lançou uma campanha com 250 influencers para ajudá-las a impulsionar suas vendas.

  • portanto, está nevando
  • Carlos Puig
  • Troll: Quando um jogador interrompe ou perturba o jogo
  • 18:00 horas. O Real Madrid vence a Trump no número de buscas no Google
  • Canais promocionais

O resultado faz parte já de alguns dos casos de sucesso mais emblemáticos desta disciplina do social media marketing. Ao terminar a campanha, 45% desses blogueiros afirmaram que continuavam comprando esta marca. Mas o que é ainda mais relevante: As vendas subiram mais que o dobro da média durante o período seguinte ao programa.

Por que investir em marketing de influencers? Mas estes não são os únicos dados que sublinham a importância, cada vez maior, das recomendações, que cada vez mais influenciam os consumidores. De fato, não há que esquecer que, de acordo com o famoso estudo da Nielsen, 92% confiam mais cedo em recomendações de amigos e família do que em qualquer outra forma de publicidade. A WOMMA, o organismo que reúne os diferentes agentes do sector do Word of Mouth Marketing, confirma esta tendência, afirmando que os influencers geram cinco vezes mais vendas do que a publicidade paga.

Agora, além disso, foi constatado que esse tipo de recomendações, que antes não se podiam medir, tem um retorno de investimento real. De acordo com outro estudo recente, 63% dos clientes dizem que são mais propensos a fazer compras com a opinião de outros consumidores. Com estes novos e interessantes dados sobre a mesa não é, em absoluto estranho que cada vez mais marcas estão subindo à onda do marketing de influência.

Por isso, estes peritos em marketing de influência revelou 10 chaves que não há que perder de vista, se queremos que o nosso trabalho com estes influentes digitais acabar repercutindo em resultados positivos em termos de vendas. Levar uma boa seleção de influencers é uma das chaves mais importantes para o sucesso de uma campanha. De fato, este é o principal desafio das marcas na hora de implementar um programa com influencers. Para conseguir que as prescrições sociais se transformem em vendas, é vital que estes prescritores sejam afins à marca e que estes, por sua vez, são muito próximos aos nossos seguidores.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: