Como Fazer Um Blog Educacional?

Como Fazer Um Blog Educacional?

Esta pergunta, que me têm feito ultimamente remete para a tecnologia, os instrumentos para criar um blog e talvez como gerir um blog educativo, ou edublog. É fácil responder isso: há múltiplos suportes que trazem, inclusive, de forma gratuita, a possibilidade de criar facilmente e em poucos passos um blog a qualquer pessoa. Chega de ter uma conta de e-mail funcionando e pensar um nome de usuário, senha e um nome para colocar no blog. Por outro lado, existem na Internet diversos tutoriais gratuitos que explicam passo a passo como criar um blog. Um blog não representa nem mais nem menos do que realizar o sonho de ter uma página web própria.

É que no fim de contas, isso é um blog: um site onde são coletados de forma cronológica artigos (post) sobre uma temática específica, gerido por um autor, ou vários. Um edublog não é outra coisa que um blog ou weblog cuja finalidade é educativa e é usado em um contexto de ensino-aprendizagem.

Do meu ponto de vista, o tema central que cada docente deve pensar é “para que eu quero um blog” e se está disposto a destinar parte de sua sempre escasso tempo para pensar formas criativas de usá-lo. Fazer um blog é relativamente fácil e leva apenas alguns segundos. A questão é mantê-lo e fazer dele uma ferramenta útil. Na atualidade, a educação não é alheia ao complexo processo de incorporação de novas tecnologias de informação e comunicação.

Internet não foi criada com um fim pedagógico mas Como transformá-la em uma ferramenta válida no processo de ensino e aprendizagem? O grande desafio é, justamente, usar o que nos oferece Internet -desde os blogs, as wikis, webquest, ou a possibilidade de criar os nossos próprios conteúdos multimédia, como um elemento que contribua com o processo de aprender. Ora, acontece que muitos mestres e professores ainda não se sentem seguros e capazes para usar essas novas ferramentas.

  • 2015 -Exposição de Pintura diferente”, Espaço Cultural DAS CIGARRERAS_ ALICANTE
  • Use o Twitterfeed
  • Marketing por e-mail
  • Cacho Garay, participou de “A Rocha” de Perigo Sem Codificar
  • Relações entre particulares por meios eletrônicos: compra, venda, pagamentos, etc
  • Oferecer cupões ou vales de descontos
  • Assim será o retorno de ‘As garotas Gilmore’ a tv
  • 7 Ver também

a Wikipédia é um projecto dirigido a —literalmente— em todo o mundo e editável por —literalmente— qualquer pessoa. A política que se encarrega de combater esse problema é o Ponto de vista neutro, que, basicamente, define a necessidade absoluta e innegociable de reunir os artigos suscetíveis de acordo com todos os pontos de vista significativos. Além disso, as licenças de conteúdo livre garantem que este conteúdo possa ser reeditado quantas vezes for necessário, e por qualquer pessoa, se o objetivo da edição é a melhoria.

Para o engenheiro de computação formado em filosofia José Siabra Frade, a Wikipédia é o primeiro de um conjunto de regras e procedimentos e, só depois, conteúdos, as regras são um mecanismo virtual desenhado para conseguir alguns conteúdos fruto do consenso racional. ] Usando o lema A enciclopédia livre entendia-se, ao modo do software livre, como um produto de distribuição gratuita e sem restrições.

Assim, também, é considerado software pela codificação do MediaWiki, sob GPL. Muitos artigos são revertidas ou até mesmo escondidos do histórico —na imagem—, este último se consegue com a eliminação de informações através de supressores, que dispõem de ferramentas específicas para isso. ] Isso permite atribuir de uma forma “anônima” e minimiza o trabalho.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: