Como Empreender Um Negócio Em Nova York?

Como Empreender Um Negócio Em Nova York?

O historiador James Truslow Adams, afirmou, em 1931, pela primeira vez, o famoso conceito do The American Dream (o sonho americano). Desde então, a possibilidade de alcançar o sucesso, sob as mesmas oportunidades que qualquer cidadão norte-americano foi inundado a cabeça de milhões de imigrantes. Mas o certo é que, de uma forma rigorosa, essa idéia tinha começado já a inculcarse em os pioneiros ingleses dos séculos XVI e XVII, com o fim de povoar as colônias britânicas da América do Norte. Aparecesse, quando aparecesse o conceito, atualmente tem perdido valor.

são Cada vez mais os imigrantes que falharam em sua tentativa de alcançar uma posição de destaque nos ESTADOS unidos por não contar com as mesmas oportunidades que os cidadãos nativos. Mesmo assim, o sucesso no país é possível. Isso sim, empreender um negócio próprio é, em muitas ocasiões, mais viável que através de um contrato.

O que fazer em Nova York? Armando Campos, conselheiro delegado do grupo de spa Aire Ancient Baths, é clara: “É a primeira cidade do mundo. Se você conseguir ter sucesso, você tem a certeza de que poderá fazê-lo em qualquer lugar do mundo, pois a difusão que se traz é enorme”. No entanto, como aponta Prados, chegar a montar um negócio não é tarefa fácil.

  • Total a pagar de forma diferida: 50 166,66 + 75.250 = 125 416,66
  • DMS, o Data Center
  • Corrige os livros de contabilidade. Tenha registado todo o dinheiro que entra e sai do negócio
  • 2003: “Não me fales de sofrer”
  • Produtos padronizados, que facilitam a produção

“Se você tentar fazê-lo à maneira espanhola, fracasarás; você tem que mudar a mentalidade completamente e, antes de tudo, contar com a consultoria profissional. É um serviço caro, mas, ao final, se sai barato”, assegura contundente o empresário. Para o seu grupo, a obtenção de licenças é um dos procedimentos mais complicados. “Exigem licenças para tudo. Entre nossos serviços oferecemos um banho de vinho que vem acompanhado de uma taça e, para isso, tivemos de solicitar uma autorização de álcool.

eu Tive que informar até da cor dos olhos de minha mulher! Para montar uma empresa em Nova York, como em qualquer parte do mundo, é primordial para se escrever um plano de negócios, escolher o local e pedir financiamento, sugere a Câmara de Comércio de Portugal em Nova Iorque. Depois, definir a sua estrutura legal e registrar seu nome comercial. Após isso, você deverá solicitar um número de identificação fiscal, a remuneração de trabalhador, seguro-desemprego e por invalidez.

Em geral, pedir todas as licenças necessárias, de acordo com o tipo de negócio. E é fundamental entender as responsabilidades que terá como empresário e do empregador. Outro caso notável é o do cozinheiro Lolo Manso. Conta com três restaurantes em Manhattan: os Socarrats e A Churrería. Manso não hesita em incentivar outros chefs para abrir o seu negócio na cidade: “Se você tem confiança no seu produto, sempre há espaço para o sucesso.

Aqui há lugar para todos se seguem três regras: trabalho, trabalho e trabalho”. O empresário não deixa passar a oportunidade de mandar uma mensagem para os políticos espanhóis: “Se querem que a marca Portugal triunfe, devem fazê-lo através de sua gastronomia. Abrir escolas de cozinha por todo o mundo, é uma medida que daria a conhecer o nosso produto e do nosso país”, finaliza. Nos ESTADOS unidos existem quatro tipos de empresas, que, por sua vez, podem conter diferentes variações, de acordo com a Câmara de Comércio da Espanha no país.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: