Como Conseguir Clientes Através Das Redes Sociais E Aumentar As Vendas

Como Conseguir Clientes Através Das Redes Sociais E Aumentar As Vendas

nas últimas décadas as mudanças que a sociedade sofreu foram muito marcantes, mudanças que, nos próximos anos, irão aumentando muito significativamente. Não há dúvida de que a mudança é um trem que, ou se pega ou passa tempo. Neste contexto, foi realizado o evento de HP Indigo ‘Retratos de Sucesso’, com o objetivo de explicar como aproveitar o câmbio para aumentar os clientes e fidelizar os já presentes.

Digitalização, personalização e qualidade, essas são as chaves para o sucesso da indústria do momento. O relator estrela da jornada foi Álex López, o maior especialista em Social Selling e professor do IESE Business School, ISDI e ESADE. O especialista, que é diretor de Sartia, começou a falar de suas origens no setor e a importância do LinkedIn, a rede estrela do mundo empresarial.

“As pessoas em redes sociais não quer ler, quer ver vídeos. Há que traz valor em redes sociais”, destacou o especialista, acrescentando que não se pode recorrer às redes sociais pedindo, pois há também que dar. “92% dos compradores B2B começam suas compras no Google”, afirmou o especialista em redes sociais.

Além disso, Lopes destacou a grande importância do posicionamento, mesmo em empresas que não investem tanto em publicidade como Ali Express ou Amazon, que se encontram no TOP 10 de visibilidade destas plataformas. “No entanto, O el Corte Inglés encontra-se na posição 67, apesar da publicidade que usa”, disse.

  1. Não traduzir completamente o theme
  2. Redes de críticas de consumidores
  3. 4 e cursos de Diploma
  4. Bilic: “Ver-nos na Segunda é

“A visibilidade deve ser direta com o cliente, a partir da própria web ou redes sociais, sem intermediários”, explicou Lopes. Também acrescentou que, no futuro, tudo será mobile, pelo que há que adaptar todo o conteúdo para este dispositivo, para não perder tráfego. Neste sentido, o especialista em social selling explicou a necessidade de aproveitar as oportunidades que oferecem todas as redes sociais, até aquelas que parecem feitas somente para o “postureo”, como é o caso do Instagram. Por isso, há que focalizar cada rede social para o público que tem.

Por exemplo, o Facebook é uma plataforma mais familiar ou de amigos, enquanto que o LinkedIn é meramente profissional. Isto significa que as estratégias devem ser diferentes entre as diferentes redes sociais. “Há ferramentas como Facebook Live, que permitem chegar a clientes diferentes, outorgando muitas possibilidades e oportunidades no âmbito empresarial”, destacou. “Você tem que pensar como os usuários estão em redes sociais, pois há momentos em que isso não é tudo como deveria ser.

Por exemplo, há certos ‘likes’ ou tags que podem nos prejudicar porque não nos interessam”, destacou Lopes. Sobre o Youtube, uma rede que alguns souberam rentabilizar muito, o especialista destacou a necessidade de agregar valor e fazer vídeos interessantes. “Os vídeos mais visualizados são os menores do que um minuto”, disse, informando os anunciantes da necessidade de vídeos curtos e eficazes. Além disso, o especialista falou sobre NearBy, uma ferramenta do LinkedIn, em que você pode apertar na opção de ‘Perto da minha’ com o bluetooth ativado para conhecer o perfil de todas as pessoas que estão ao redor.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: