As Outras Sombras De Ana Julia

As Outras Sombras De Ana Julia

A notícia do achado do cadáver do pequeno Hortichuelas de Nijar a vez que a mulher foi presa deixou naquele mesmo dia, outra afetada, às margens da cidade do Cid: sua própria filha. Mas aqueles que conhecem a ambas reconhecem que há tempo “não” havia muito o tratamento entre a jovem e sua mãe, que mal falava, hoje tem marcado a Judite. Incrédulo e em estado de choque, a menina teve que ir ao hospital com um ataque de “ansiedade”, agravado pelo “bullying” nas redes e físico. Um sopro de insultos e críticas responsabilizándola do crime supostamente cometido por sua mãe estava mesmo acompanhado do “apedreamiento” que sofreu o próprio domingo.

Não tem uma vez que durante quase toda a sua vida foi a sua casa, ao lado do seu pai e exmarido de Ana Júlia, no Caminho para Casa de la Vega. Acompanhado de alguns “familiares”, é a superação da situação, enquanto também vários amigos, conhecidos e vizinhos lhe apoiam e pedem para que não se misture a “atrocidade” de Ana Júlia com sua filha. “Que culpa tem a menina que fez a sua mãe? “se questionam, mas também estão conscientes de que vai ser “muito difícil” continuar com sua vida em Burgos.

Na mesma casa fica também a pena de Miguel, o primeiro marido, que teve em Portugal, com quem realizou uma vida em Burgos depois que a levasse de um clube. É outro dos afetados na vida de Ana Júlia. Asseguram que “estava muito apaixonado por ela e também de que “lhe fez sofrer muito”.

Não só com a separação, mas posteriormente. Dizem que seus então sogros também lhe deram tudo o que puderam, mais o que ela levou. A filha de ambos sempre viveu com o pai, que esta segunda-feira “saiu de pé” de um lar tornou protagonista indireto e não desejado pelo trágico evento.

Sem mover-se demasiado do bairro de Gamonal ao que veio da mão de Miguel no início dos anos 90, Ana Julia foi somando mais sombras em sua passagem por Bolonha. Antes de empreender e Sergio a sua viagem para Almeria, no final de 2014 ou início de 2015, tinha tido mais relações sentimentais, que os deu a seus pares não são precisamente boa lembrança. É o caso de um homem ligado à hotelaria, já falecido.

Denunciam a “dupla face” da mulher, que “nos enganou a todos”.

Morreu vítima de um câncer quando estava com a Ana Julia e com o pesar de não ter podido se casar com ele. Mas foi, denunciam seus familiares, apropriar-se do dinheiro de um seguro de vida e “levou tudo o que pôde”. Denunciam a “dupla face” da mulher, que “nos enganou a todos”. A pena de morte parece que durou pouco e logo começou outra relação, neste caso, com Sergio, outro chefe de estado, com quem chegou a se casar e com quem viajou e se instalou em Cabo de Gata. Chegaram a abrir um negócio juntos, mas nem o casamento, nem o café funcionaram. A relação também se quebrou e asseguram-se de que para ele “o desplumó”.

  • Parque da Vitória
  • Obinesa fechou no positivo 2015, ao elevar o faturamento 377 milhões
  • Os Sims 3: Aventuras na ilha
  • 2002: “As coisas que eu mudei e deixei por ti”
  • 1 Ideias mercantilistas sobreviventes

Foi sua última namorada antes de iniciar a relação com o pai do pequeno Gabriel Cruz, cujo corpo foi encontrado no domingo, dia 11 de março. Quase justo 22 anos antes, outra tragédia que marcou a vida de Ana Júlia. Em 10 de março de 1996, faleceu sua filha mais velha quando ela tinha quatro anos. Agora, o caso está investigando.

Então foi arquivado como uma morte acidental morte da pequena após cair do sétimo andar do pátio interior onde já vivia com seu primeiro marido. A pequena, fruto de um casamento na República Dominicana, havia chegado meses antes do seu país natal, e já então as suspeitas sobre o que aconteceu pesem sobre ela.

As empresas, em geral, são consideradas propriedade da sociedade. Os trabalhadores têm o direito de administrá-la como o considerem conveniente, e distribuídos entre eles a totalidade da renda. 1. Todas as empresas devem pagar um imposto sobre o capital, especialmente os bens de capital. Esse imposto vai para um Fundo Social e de Investimentos. Pode-Se considerar que, na realidade, os trabalhadores arrendam o capital (bens de capital) a partir da sociedade. 2. As empresas são obrigadas a manter e substituir o valor do capital de investimento que lhes foi confiada. Isto significa que devem estabelecer fundos de depreciação ou amortização.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: