Ambiente Virtual De Aprendizagem

Ambiente Virtual De Aprendizagem

trata-Se de um ambiente de trabalho compartilhado para a construção e difusão do conhecimento com base na participação ativa e a colaboração de todos os membros do grupo. É um ambiente eletrônico, não material, no sentido físico, criado e constituído por tecnologias digitais. Está hospedado na rede, e você pode ter acesso remoto aos seus conteúdos através de algum tipo de dispositivo com acesso à Internet. As aplicações ou programas que o compõem servem de suporte para as atividades formativas de docentes e alunos.

A relação didática não se produz neles “cara a cara” (como no ensino presencial), mas mediada por tecnologias digitais. É o produto de um projeto, não uma mera acumulação de páginas HTML sem relação. Tem vários autores: professores, alunos, especialistas. É um espaço social que favorece o encontro e a interação dos atores. Pode ser parte de um programa de educação a distância ou complemento da educação presencial.

] EVA fornece ferramentas para a gestão dos materiais de aprendizagem e para a gestão das pessoas participantes. Além disso, inclui sistemas de acompanhamento e avaliação do progresso dos alunos. Do ponto de vista didático, oferece suporte tecnológico para otimizar diferentes fases do processo de ensino e aprendizagem: planejamento, implementação, desenvolvimento e avaliação. Em EVA os processos de comunicação podem ser síncronos e/ou assíncronos, e os mesmos podem desenvolver-se através de diferentes linguagens: oral, escrito, nada mais, audiovisual, etc

Permite o acesso através de navegadores, geralmente protegido por senha ou por cabo de acesso. Interatividade: nestas propostas, o usuário é o protagonista de sua formação. ] Em vez de ser textos on-line, EVA se propõem como ambientes interativos de construção de conhecimento. Flexibilidade: conjunto de funcionalidades que permitem que o EVA, se adapta facilmente à estrutura institucional, os planos de estudo, os conteúdos e estilos pedagógicos da instituição onde se quer implantar.

Escalabilidade: capacidade do EVA funcionar igualmente com um número pequeno ou grande de usuários. Os EVA têm uma dimensão tecnológica e uma dimensão pedagógica, as quais se inter-relacionam e potenciam entre si. A dimensão tecnológica é representada por ferramentas ou aplicações informáticas com as quais está construído o ambiente. Essas ferramentas servem de suporte ou infra-estrutura para o desenvolvimento de propostas educativas e variam de um tipo de EVA para outro.

A publicação de materiais e atividades. A comunicação ou interação entre os membros do grupo. A colaboração para a realização de tarefas em grupo. A organização da disciplina. O controle de acesso e administração do grupo de estudantes. Estes sistemas funcionam geralmente em um servidor, para facilitar o acesso dos alunos através da Internet.

  • 3#. Utiliza a marcação de localização
  • 6 Tipos e características de webquest
  • 17 de novembro-eleições presidenciais e parlamentares no Chile
  • Novembro 126
  • Google+: 75
  • 3 ferramentas para saber se seu nome está disponível nas redes sociais

Os componentes destes sistemas podem incluir modelos para elaboração de conteúdo, fóruns, chats, questionários e exercícios tipo múltipla-escolha, verdadeiro/falso e respostas de uma palavra. Além disso, novos recursos estes permitem incluir blogs e RSS. A dimensão pedagógica de um EVA é representada pelo processo de ensino e aprendizagem que se desenvolve em seu interior. Desta forma define-a como um espaço humano e social, essencialmente dinâmico, baseado na interação que se cria entre o docente e os alunos a partir do pranteado e resolução de atividades didáticas. Onrubia (2005) descreve a esta interação, como “atividade conjunta”, sendo comum, apesar de ser feito de forma remota e muitas vezes de forma assíncrona.

A Rede que compõem dentro do ambiente, os alunos e o docente. As ferramentas tecnológicas e os materiais multimídia desenvolvidos. As ações didáticas propostas pelo docente. O espaço virtual onde se desenvolve a rede e sua interação. Os saberes que se propõe a desenvolver o docente. Estratégias de comunicação em ambientes virtuais: mensagens concretos e concisos, clareza dos argumentos, precisão semântica, fluência comunicativa (pouca demora temporária). Domínio das ferramentas. Dentro dos elementos que compõem um “ambiente virtual de aprendizagem”, cabe destacar o chamado “espaço virtual”, que é onde se realizam todas as atividades dos alunos, professores e tutores.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: