“90% Das Pequenas Empresas Quebram Em Seus Três Primeiros Anos De Vida”

“90% Das Pequenas Empresas Quebram Em Seus Três Primeiros Anos De Vida”

Tem 37 anos e é empresário desde os 18 anos. Seus negócios se desenvolvem em torno da Internet e das Novas Tecnologias, mas também é um investidor privado no setor da Biotecnologia e dos Meios de Comunicação. Sem dúvida, Alejandro Suárez Sánchez-Ocaña é empreendedor de nascimento. O último estudo realizado pelo Entretenimento, e em que você trabalha, revela que cerca de 62,3% dos catalães optar por montar sua própria empresa, mas só o 27,6% saberia como fazê-lo sem ajuda externa.

A administração não se comunica bem com os cidadãos.

O certo é que isso não acontece apenas na Catalunha. São dados muito parecidos com os do resto da Espanha. E é que, em geral, há um problema de informação muito grave. A administração não se comunica bem com os cidadãos. Tudo o que não está por trás de uma grande campanha de publicidade, não chega à sociedade.

Por que essa desinformação? Há poucos anos não existia um interesse por incentivar a criação de novas empresas. Agora, parece que querem fomentarlo com muita rapidez, sem pensar na sobrevivência da empresa. Desde as instituições públicas querem levar o espírito empreendedor a sociedade, mas há uma falta de cultura empreendedora em nosso país. A gente não se atreve a montar o seu próprio negócio. Não há um modelo a seguir. Não há várias gerações de empreendedores como modelo, gerações que lhes tenha ido bem. É compreensível que a informação genérica de como montar uma empresa não chegue a todo o mundo.

Mas o que não tem perdão é que não informe os desempregados que existem outras opções além de ir cobrar o cheque do desemprego cada mês. Mas este não é o único exemplo. O balcão único nasceu para criar empresas. É um sistema amigável, quase imediatamente, e menos oneroso.

você Pode livrar-te de ir à venda, o registro… permite que você realize os procedimentos pela Internet. A maioria dos empreendedores o desconhecido e continua criando empresas à moda antiga. E tendo em conta que Portugal é um dos países da OCDE onde mais se leva em criar uma empresa (46 dias, frente aos 13 dias para o resto dos países europeus que integram a OCDE). Este sistema de balcão único nos pode poupar bastante tempo. O serviço existe e funciona, mas ninguém o conhece.

  1. 5 A República Liberal (1930-1946)
  2. Depois do fechamento do Carlitos Alface, são exibidos os créditos da dublagem português
  3. A maioria das pessoas sabem detectar os anúncios e não costumam clicar em
  4. Investiga com quem você está tentando
  5. Filosofia usar
  6. Realizar uma pesquisa limitada de soluções alternativas
  7. 4 novembro, 2013
  8. E muito mais

Apenas 0,2% de empreendedores utilizado. Que tipo de regulamentos teria que modificar para que se generaran mais empresas? Não é um problema de legislação. Um dos problemas dos empreendedores, precisamente, são as normas, as leis e as travas. E, claro, o financiamento e a publicidade institucional, que não funciona. Não há um estímulo real, desde a administração para gerar negócios. Agora tentam porque se deram conta de que é necessário. Mas o que não pode ser é de repente conjurar a todo o mundo para que seja empreendedor. Qual é o perfil atual de um empreendedor?

Passará por muitas dificuldades para montar a sua empresa.

Em geral, em Portugal, agora mesmo, a maioria são homens com uma média de 44 anos. E o que qualidades deve ter? Uma muito importante é a capacidade de sofrimento. Passará por muitas dificuldades para montar a sua empresa. Pegas que não têm nenhum sentido e que fazem com que muita gente no desemprego fica em casa a receber o subsídio de desemprego e não monte seu próprio negócio.

Qual o tipo de obstáculos? Sobre tudo administrativas. Quando você quer começar um negócio, os bancos não dão crédito. Te pedem garantias, propriedades, etc., Para os bancos são operações financeiras. Não valorizam a empresa. É como se você comprou um ativo de luxo, em vez de montar um negócio que vai gerar riqueza e trabalho futuro.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: