28 Formas Diferentes De Fazê-Lo

28 Formas Diferentes De Fazê-Lo

Existem centenas de artigos intitulados “Formas de fazer dinheiro com o seu blog”. Eu sei, eu sei. Mas se eu decidi escrever sobre este tema de como rentabilizar o blog é porque nunca terminei de encontrar um que me for suficientemente conciso e prático. Não pretendo entregar uma lista definitiva, mas, simplesmente, colocar sobre a mesa os métodos mais tradicionais para vender na internet.

Na Internet, as coisas tendem a mudar muito rápido, então é possível que existam outras formas de geração de renda. As que você vai encontrar aqui são métodos validados e testados. Decidi separar a lista entre vendas diretas e indiretas. Sem mais, atirando 28 curas de vitaminas para o teu blog.

  • 3 As funções da Organização Mundial de Comércio
  • 1 Bibliografia recomendada
  • 2 A ascensão de Lamar Davis (PS4/XB1/PC)
  • 2 Meios audiovisuais
  • Minimizar estoques
  • Sei mais veloz (o que os mais experientes)

o Google AdSense é a opção mais comum para rentabilizar o blog, mas isso não se deve levar a pensar que não há outras. Em princípio, só precisa de se inscrever em uma destas redes e, em seguida, colar alguns códigos em seu site. Através disso, o sistema irá publicar anúncios contextuais (textos ou imagens) que sejam de importância dentro de seu site, e tu recebes um dinerillo por cada clique que esse aviso consiga. Os anúncios CPM, embora semelhantes aos PCP, têm outra modalidade. Se bem que são contextuais, como os outros, neste caso, pagam pela quantidade de impressões desses anúncios no seu site.

Digamos que somará uma impressão de cada vez que se abra a tela e aparece determinado banner dentro do seu site. Trata-Se de uma opção comum para rentabilizar o blog. PS: se pronto aqui Antevenio, Trade Doubler e Zanox como empresas que oferecem soluções integrais em Portugal. Se você quiser multiplicar seus ganhos com o google Adsense, por um fator de 3 ou 4, comece por aqui. Parece óbvio, mas se você conhece o trabalho de vender por si mesmo os espaços de anúncios, pode resultar em uma via muito lucrativa.

em Primeiro lugar, porque economiza todo o tema dos intermediários. E, segundo, porque você pode ajustar você mesmo as taxas. Se vai funcionar melhor se você já tem uma audiência grande e muito segmentada, se é que você quer conseguir anunciantes conhecidos, e, além disso, terá de perder parte de seu tempo no processo de venda e cobrança dos espaços.

“nofollow nesses links, você não deverá ter problemas com o Google. A vantagem deste método é que não é nada invasivo. Pode-se vender os links diretamente no seu blog, ou recorrer a redes especializadas. Uma forma fácil e rápida para rentabilizar o blog. Se o link está presente em todas as páginas ou somente em uma.

Se uma única página é o seu rosto ou um artigo padrão. Trata-Se de uma prática muito comum na Internet. Sob o sistema de venda por adesão, tem ao seu site em um showcase para permitir a outras empresas (afiliados) vender, direta ou indiretamente, seus produtos ou serviços, em troca de uma comissão. Alguns chamam essa modalidade com as siglas CPA, que significa “custo por ação”, ou CPL, “custo por recomendação” (cost per lead). Os vendedores afiliados podem derivar potenciais clientes para o site de vendas, através de diferentes vias, como banners, links patrocinados em uma recomendação sobre o produto.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: