25 Estratégias De Marketing Para 2018

25 Estratégias De Marketing Para 2018

Se você tem um negócio ou projecto de empreendimento e que você está se propondo como dar a conhecer, é possível que essa lista ajude você. É uma compilação de 25 estratégias de marketing mais importantes que pode usar uma marca para chegar ao seu público. Escolha os que mais lhe agradam, combiná-los, agítalos e utilize bem Os caminhos que você tem uma empresa para se dar a conhecer e chegar ao público são múltiplas.

Existem muitas ferramentas para captar e fidelizar os clientes em troca de atender às suas necessidades. Para começar, vamos diferenciar cinco grandes áreas do marketing que englobam todas as outras e que definem as diferentes formas de “resolver” o consumidor que tem a publicidade. É o tipo de marketing que se tem praticado sempre nos meios de comunicação tradicionais. Consiste em interromper o usuário na sua actividade e oferecer-lhe algo marcante, que chame a atenção. Os consumidores estão muito cansados desta forma de publicidade e normalmente fogem porque ela é irritante.

  • Buffer (é sem dúvida a minha favorita)
  • 2 Seleção K
  • Gerar tráfego para seu site ou blog
  • Netwar contra Israel por sua política com o povo palestino
  • Dynfra Vialidades
  • Incluir eventos e ‘dias D’ importantes para o nosso negócio e setor profissional
  • Regular o acesso a insumos essenciais
  • Algoritmos de Regressão Logística, usados para realizar scoring básicos

De fato, uma prática muito comum quando os espectadores assistem à televisão é fazer zapping quando chegar os anúncios. Além disso, para as marcas e empresas é uma opção cara que não lhes permite dirigir-se exatamente ao perfil de cliente que quer captar. Mas o Marketing de Interrupção também tem suas vantagens. Está demonstrado que os resultados são obtidos de forma rápida e são fáceis de medir. Calcula-Se que nos Estados Unidos os consumidores recebem uma média de um milhão de anúncios desse tipo por ano.

É um valor muito elevado, Por isso, para não sobrecarregar muito o público, o Marketing de Interrupção, há que praticá-lo em pequenas doses. Ao contrário do que o marketing de interrupção, esta forma de fazer marketing não é tão direta e invasiva. Não é propaganda pura e dura. Trata-Se de uma forma mais sutil de atrair possíveis consumidores, oferecendo-lhes conteúdo e o material de seu interesse. Com este Marketing Indireto ou de Permissão, é possível que o usuário muitas vezes nem sequer seja consciente da estratégia da marca que está por trás. A este grupo pertence, por exemplo, o Marketing de Conteúdo que veremos mais adiante.

Antes de defini-la, te considero uma questão. Imagine-se que há dois restaurantes, com muito boa pinta que você gostaria de experimentar. Alguém o conhece só de vê-lo na Internet e o outro foi recomendado a vários amigos. Quais reservas de mesa? Se fizermos uma pesquisa entre os nossos leitores a certeza de que a maioria escolheria a segunda opção, o

Pois isso é Marketing de Recomendação! Aproveitar o “boca-a-boca” (ou “tweet a tweet”) em benefício de uma marca. Este tipo de marketing é praticada nas redes sociais, principalmente no Facebook, onde a capacidade de disseminação e viralização das recomendações é brutal. Para isso, as empresas devem ter fichados os consumidores satisfeitos com os seus serviços.

Esses clientes podem ser os melhores embaixadores da marca. Em publicidade, costuma-se dizer que manter um cliente custa 10 vezes menos do que começar um novo. Seguindo esta máxima, muitas marcas apostam no Marketing de Fidelização. Ou seja, a utilização de técnicas e recursos para que os clientes continuem felizes e não partam para a concorrência.

O objetivo é que a relação entre a empresa e o consumidor seja o mais duradoura e satisfatória possível. Uma boa forma de fazer isso é conhecendo bem ao comprador (saber seus gostos, opiniões, gostos…) para, em seguida, oferecer-lhe o que mais lhe interessa. Outra estratégia de fidelização é ter detalhes especiais com o cliente, como brindes, ofertas, descontos ou produtos exclusivos.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: