↑ Eternautas, Buenos Aires Tem História

↑ Eternautas, Buenos Aires Tem História

A Boca (ou República da Boca é um bairro de Buenos Aires (Capital Federal), na Argentina. Situado no limite sudeste da cidade. Seu nome se deve a que se localiza na foz do Riachuelo, no Rio da Prata. Entre outras razões, o bairro é conhecido por abrigar o famoso estádio do Boca Juniors, “La Bombonera”. Está compreendido pelas ruas Regimento de Patrícios, Av.

Martín Garcia, Avenida Paseo Colón, no Brasil, a Bacia Sul e Riachuelo. Faz divisa com os bairros de Barracas ao oeste, San Telmo, a noroeste, e Puerto Madero, no nordeste, e com as localidades de Dock Sud e Avellaneda ao sul. A partir do século XVI, uma série de incursões portuguesas no “Mar de Solis” (Rio da Prata) alertado para a Coroa espanhola sobre a necessidade de defender a área. Assim, em 1536, uma grande expedição liderada por Pedro de Mendoza, entrou no Rio da Prata e levantou-se um forte feito com a madeira do casco de um dos navios.

  • Use sempre palavras-chave em seus títulos (as mais procuradas)
  • Vende suas próprias manualidades
  • você É viável do ponto de vista econômico e financeiro
  • Marketing multinível
  • O cliente pode levar um copo à sua casa
  • Criar uma página web de âmbito local

O novo povoado foi chamado de Forte de Santa Maria del Buen Ayre: a primeira Buenos Aires. Consolidada Assunção, partiram de lá várias expedições frustradas para a Serra da Prata, até que, finalmente, os espanhóis provenientes do Peru chegaram primeiro. O local paraguaio perdeu sua razão de ser e a região foi rejeitado pela Coroa.

Após a morte de Irala, Assunção buscou romper seu isolamento comercial, fundando novas cidades para a costa atlântica, que lhe permitissem o comércio com a Espanha. Os limites urbanos originais da nova Buenos Aires foram os seguintes: a Leste, a região do Rio da Prata (Avenida Paseo Colón – Av.

Oeste as atuais ruas Salta e Liberdade, ao Sul da atual Avenida Independencia e ao Norte, a rua Viamonte. Além da traça urbana estendiam-se as terras de proveito comum ou “chacras”, que serviam para a auto-suficiência da cidade: ali se realizavam culturas e mantendo o gado. Passando os chacras Garay também repartiu grandes faixas de terras entre os colonos, que tempo depois seriam as primeiras estâncias. Com o tempo, a cidade se expandiu e ao sul da Avenida Independência, surgiu o bairro de San Telmo, residência de personagens ilustres e sede das principais instituições da cidade, como por exemplo o seu primeiro hospital.

além do Parque Lezama da área tornava-se baixa e anegadiza, o que impediu durante muito tempo, o assentamento de vizinhos estáveis. Originalmente, houve ali uma série de barracas para a comercialização de escravos negros, enquanto que no período independente, começaram a funcionar os primeiros recebeu (galpões em que se salaba da carne bovina para exportação) e curtumes de couro. ] Por ser a área de maior entrada de barcos, no final do século XIX instalaram-se ali muitos imigrantes italianos, principalmente genoveses, que deram ao bairro sua fisionomia atual.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: