Usuário:LuTTi/Casa Das Varandas

Usuário:LuTTi/Casa Das Varandas

A Casa das Varandas é uma antiga e tradicional edificação do século XVII, situada na Vila de são paulo, na ilha de Tenerife, nas Ilhas Canárias. Também conhecida como casa Méndez-Fonseca por seus antigos inquilinos, caracteriza-se por suas varandas típicos canários de pinho de tea, visíveis em sua fachada e pátio interior.

A história da Casa das Varandas, considerada monumento da Vila de benavente, remonta ao ano de 1632, quando os melhores carpinteiros da época terminaram a construção desta casa senhorial. Joana Neto e João de Castro Baço e Merino casam-se o 7/10/1.657. Esta primeira herdado de seu tio Don Diego González Neto, o solar sobre o que durante seu casamento levantaram esta “Casa das Varandas”.

em 3 de maio de 1.690, João de Castro Baço e Merino dispôs em seu testamento e instituiu universal herdeiro seu sobrinho, o coronel Pedro Mendes de Castro. Este último, e ao morrer doou à sua filha Joana Mendes de Castro, mulher do coronel Alonso de Fonseca Mésia e Llarena. Ao morrer também Mateus se extingue a família do erector.

  • Festas para solteiros. Estas festas são para os solteiros, prontos para o namoro
  • 3 Viagem ao norte de África
  • 2 Igreja ou templo 2.2.1 Fachada principal
  • 3 Refúgio El Tabo
  • o Que artistas compõem
  • Mikaela comentou
  • Loggia do plano nobile
  • Pacayito ou Pacaíto (na Guatemala)

Em 1.885 comprou o industrial Antonio Díaz Flores e Cartaya e a sua morte, os seus herdeiros venderam a Lourenço Machado e Benítez de Lugo. Hoje é propriedade de seu neto Carlos Schönfeldt Machado. A fachada é de três andares, com uma varanda corrido na parte superior; os cinco varanda do segundo andar são rejería, com base de madeira. Os vãos são emoldurados por decoração de esgrafiados, com formas geométricas e vegetais; sobre o balcão central, exibem-se os brasões de Fonseca.

Sobressai a porta principal, que reúne os tipos de painéis e studded. No pátio destaca-se a ala da frente, pela grande qualidade de seus trabalhos em madeira. As altas colunas de tea que, no pátio, se apoiam sobre pedestais de pedra, vão diminuindo nos andares superiores; em contrapartida, os beirais se tornam progressivamente maiores, acusando o efeito de perspectiva. A ornamentação das galerias é semelhante à do balcão superior da fachada, constituída por balaústres e rolamentos pareados com decoração floral.

No lado esquerdo tem uma curiosa escada de caracol. Alguns quartos têm tectos em caixotões. A tampa do salão principal, mas é plana, tem uma decoração muito satisfeita. O conjunto é um verdadeiro monumento aos mestres carpinteiros canários de todas as épocas. Em seu interior, a tea de pinho canário mostra todo o seu exuberante esplendor e fortaleza, ainda hoje continua destilando resina.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: