Uma Mágica E Colorida Aventura

Uma Mágica E Colorida Aventura

O importante é o interior, dizem alguns, e se é verdade que a expressão é bastante propalado, há ocasiões em que é totalmente verdade. Você vai vim aqui por curiosidade, porque as imagens vos tenho chamado a atenção, ou porque é pouco provável) já conheçam esse jogo, mas há muito mais para contar do que parece à primeira vista.

Pois desde que 505 Games decidiu embarcar no projeto, muitas têm sido as propostas que foram acabamento conflui no mesmo ponto para ver nascer Portal Knights. De forma que, se você quiser conhecer um pouco mais do que ele pode quedaros a sumergiros no universo que nos propõe este colorido título.

A experiência é um dos bens mais preciosos dentro do setor de jogos eletrônicos, e é justamente dela que se valeram da editora 505 Games para avançar com o seu próprio jogo. Depois de trabalhar para títulos tão conhecidos como Terraria, da série Sniper Elite, Abzû ou PayDay, decidiram pegar tudo o que aprendi e aplicá-lo em um projeto com nome próprio: Portal Knights.

  • Castelo de balões
  • 2 Crescentia e Amphitecna de uso não alimentício
  • 4 Esquema de motivo centrado
  • A resolução do video é muito ruim
  • Coração com pompons
  • Regar logo depois de plantar
  • Balaústre Caballito de Mar
  • 3 Área de serviço

Para isso, eles utilizaram a premissa de que instalou o Minecraft, o famoso jogo da Mojang, e cruzándolo com diferentes idéias e influências chegaram à conclusão de que tinham algo interessante que propor nesta direção. De maneira que, assim, têm vindo a dar forma a um novo jogo. Um título que recolhe a construção de Minecraft, o combate de Terraria, e o componente clássico cooperativo e o mistura em um resultado algo mais do que interessante. No entanto, esta ideia arriscada, também tem seus contras, e é que, desde a editora se viram obrigados a financiar o projeto via steam Greenlight.

foi Assim que deram a parar com a ajuda de Keen Games, que já tinha experiência em levar jogos nicho ao grande público, e puderam lançar Portal Knights como Acesso Antecipado no Steam no ano passado. E agora, com a chegada do jogo para PlayStation 4 e Xbox One para o próximo dia 24 de abril, gostaríamos de contar quais são as chaves para ter em conta a próxima primavera, com o lançamento deste surpreendente título.

Como já dissemos, a premissa inicial sob a qual nasceu Portal Knights foi a de simplificar as mecânicas que inventou Minecraft e torná-las mais acessíveis a públicos mais para crianças. A possibilidade de construção aqui é um aditivo que cumpre as funções de recompensa. Dessa forma, nos deparamos com um menu e uma interface que deixam bem claro o que propõem desde o início. Tanto as diferentes abas, assim como a classificação dos objetos é muito fácil de entender, e a curva de dificuldade inicial é bastante acessível se o que buscamos é não comer demais os miolos procurando este ou aquele material.

nessa própria interface também é possível marcar certos objetos que vamos usar habitualmente, e atribuir um comando rápido. Isso é especialmente útil para tirar as nossas ferramentas na versão de console, onde pudemos verificar o bem que se encaixam uns controles pensados inicialmente para PC. Além disso, as opções para gerenciar o inventário e mover os objetos que nele são muito intuitivos e fáceis de usar quando estamos a explorar o ambiente, ou lutando com os inimigos.

Além desta aba, também contamos com a outra onde se concentra o foco principal de crafteo. Neste outro n.o nós podemos manufaturar todos os tipos de itens com base nos recursos de que tenhamos recebido do mapa através do combate ou da simples exploração. Dessa forma, podemos gerar a partir de outros blocos básicos que servirão como base para outros objetos mais complexos, passando por itens de decoração, outras ferramentas de fabricação que abrem novas possibilidades para a construção, ou ferramentas funcionais ou de combate.

Existem três tipos de bancos de trabalho, cada um deles especializado em um tipo de objetos e ferramentas diferentes. Por um lado, temos a bigorna especializado na classe Guerreiro, por outro o altar dedicado aos feitiços do Mago, e, por último, a mesa de trabalho para a classe Ranger.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: