Revista De Decoração Propostas E Ideias Para Decorar A Sua Casa ❤️

Revista De Decoração Propostas E Ideias Para Decorar A Sua Casa ❤️

Dicas de decoração, tendências em mueblería, iluminação e decoração de interiores. Blog e revista de decoração, artesanato e home-made com ideias, dicas e sugestões para decorar a casa de forma mais rápida e simples. Nosso lar deve se tornar um refúgio no qual possamos nos sentir confortáveis e à vontade com nós mesmas, e isso só o podemos alcançar, colocando em prática a arte da decoração. Através da combinação de elementos e acessórios, a decoração nos permite ambientar cada espaço levando em conta a organização e a distribuição dos móveis. O que é a decoração?

A decoração é uma atividade que busca o aproveitamento máximo do espaço, através do uso de elementos para contribuir para a ordem, a harmonia e funcionalidade. Para obter esse determinado ambiente, a decoração concentra-se naqueles itens, acessórios, mobiliário e acabamentos específicos de cada espaço, de acordo com sua função. A decoração não se limita apenas à alteração de uma sala ou espaço, mas sim a um todo que engloba tanto o exterior como o interior da casa. Na hora de ambientar e personalizar um espaço, a decoração de interiores não pode faltar.

Os acabamentos que conferem a decoração de interiores, permitem-nos aclimatar de forma acolhedora e harmoniosa em todos os espaços que compõem o agregado familiar como o banheiro, a cozinha, a sala, os quartos, etc., A decoração de interiores é um ramo da decoração que se encarrega de aclimatar de uma forma estética e funcional de uma casa, apartamento ou escritório.

Embora algumas pessoas possuem habilidades especiais para ambientar os espaços, é importante contar com todos os conhecimentos práticos, bem como as tendências, estilos e novidades que surgem na área da decoração. Qual é a importância da decoração? A decoração de interiores influencia muito nas sensações que podem experimentar as pessoas. Tanto as cores, como as formas, a iluminação e a localização dos objetos, são elementos indispensáveis para alcançar efeitos agradáveis, reconfortantes e positivos sobre os quartos.

  • folha
  • Registado: 23 nov 2003
  • 9 Pedras preciosas e outros materiais de escultura
  • 3 Indicadores de trabalho e emprego de acordo com o censo de 1993
  • papai noel lendo sua lista de crianças bom
  • Decoração para área de entretenimento
  • Alinha o seu vaso com juta ou algum tecido que combine com a decoração de ramos

A combinação de todos estes elementos, guarda conotações psicológicas importantes para qualquer pessoa, por isso cada pessoa pode dar-lhe o estilo desejado de acordo com suas atividades, gostos e personalidade. Como você pode ver, é a decoração que nos permitem obter sensações de conforto e bem-estar no nosso quarto, sala, casa ou escritório.

Como decorar os espaços? A decoração de interiores, quase sempre responde a uma simples pergunta: Como é que, ao contrário do que muitas pessoas pensam, o objetivo real da decoração não é apenas uma questão estética, mas também uma forma de obter a ordem e a harmonia, usando os elementos básicos do lar. No momento de decorar um espaço, o primordial é que os elementos se adaptem às nossas necessidades. Por exemplo, se a nossa casa é grande, devemos localizar os objetos de modo que obtenhamos o calor, e para isso nada melhor do que os móveis que preencha os espaços, as formas curvas e cores vibrantes para dar um clima. Mas se, pelo contrário, o espaço é reduzido, há que tratar de não sobrecargarla de objetos e cores. O que realmente pode dar-lhe um ar completamente renovado para qualquer um dos quartos de nossa casa, é a decoração.

Leão Moussinac, especialista nesta matéria, diz: O sistema moderno de decoração de tela pintada, ou seja, de decorações sucessivas em substituição de cenários simultâneos foi criado por Mahelot e Laurent, que trabalharam para Molière. Desta época é Giovanni Niccolò Servandoni, grande cenógrafo que montou os melhores espetáculos de ópera.

Foi nesse admirável século xvii, quando foi criada a decoração teatral propriamente dita, em que pôs então o artista a sua originalidade e a contribuição de sua personalidade. A cenografia buscava a verdade. Os cenógrafos Albany, Moenck, Óleo, e Daguerre rivalizam no engenho. O romantismo abandona a realidade, para entregar-se ao peculiar. A iluminação deixou a cenografia objetiva a paisagem mais emotiva.

Após a exuberância demonstrada nos séculos xvii e xviii cai na banalidade e no conservatório de mau gosto. Nesta época a invenção corresponde aos cenógrafos e tramoyistas como os Camus, Brabant, Varnout, Godin e Colombier. O simbolismo concluiu que a palavra poderia suprir todo, com o qual a paisagem passou a um segundo plano, assim a paisagem passou a ser decorativismo.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: