Os 10 Mandamentos Que Eu Apliquei Para Aprender A Decorar Minha Casa

Os 10 Mandamentos Que Eu Apliquei Para Aprender A Decorar Minha Casa

Quando se iniciar na decoração da sua casa, te assaltam mil dúvidas relacionadas com a actividade e tudo o que com ela tem que ver. Parece uma tarefa simples, mas quando se trata do seu espaço e o seu conforto, faz-se necessária a busca do equilíbrio entre o estético e o funcional em partes iguais.

Resulta dos aspectos primordiais que você terá de ter muito em conta para não começar com o pé errado para decorar a sua casa. E é que, em função do espaço com que conte a sua opinião, poderá permitir a utilização de um tipo de mobiliário ou outro. Ou de introduzir na estadia de um número de peças ou de outro. Trata-Se de uma estadia que você vai usar com frequência, mas que conta com poucas dimensões? Aposta no mobiliário de aparência leve, que foge da estética carregada e potencializa a entrada de luz natural.

  • Henrique Segura otaño espanha. Gesso delgada. Couve. em particular, Badajoz.[95]
  • A. Palladio, I Quattro Libri dell’Architettura, Veneza 1570, livro II, p. 18
  • Comprar os melhores fixadores da Victoria’s
  • A senhora Firmiani
  • 1 Os dólmens
  • 15% de desconto em todos os produtos da loja online FloreStore
  • 1 o Que são as plantas de sombra
  • Michael Levey, 1980. Painting in Eighteenth-Century Venice

A entrada ou não de luz natural em todas as estâncias, também vai desempenhar um papel crucial na hora de resolver a decoração de uma forma ou de outra. Outro dos mandamentos que eu apliquei para aprender a decorar a minha casa, passou por usar cores neutras como predominantes na decoração. Pode ser que andes apaixonado de alguma peça de mobiliário que não tenha claro qual o grau de conforto que você pode esperar. Mas… será que você gosta tanto que está pensando em jugártela?

Outra das decisões mais importantes e difíceis que hás de tomar. Sobre tudo quando falamos de materiais e acabamentos para cozinhas e banheiros, que são com muita diferença os que mais sofrem com o uso, o desgaste e a sujeira própria do movimento diário que neles acontece. Ter em conta o seu comportamento e durabilidade em caso de colocá-los em espaços húmidos, você irá economizar caras e surpresas desagradáveis no futuro. Mas não temas, não tem porque desistir de um design cuidado para fazê-lo.

O mercado a cada dia nos oferece melhores e mais estéticas soluções para aproveitar cada canto de nossa casa. Encontrará mil ideias para ganhar habilidade na cozinha, a sala, os quartos… Até o canto mais mínimo pode dar a sua decoração desse pontinho especial que você está procurando. Só será uma questão de quase um uso e aproveitar ao máximo as possibilidades que uns poucos metros podem chegar a oferecer.

Aprender a decorar a minha casa foi questão de ouvir a minha parte mais funcional e acompanhá-la, posteriormente, a parte estética (e não o contrário). No estadias em que necessite de uma grande capacidade de armazenamento, aposta o armazenamento fechado para ganhar na sensação de ordem, limpeza e continuidade visual.

Fornecer certos espaços de acessórios que lhe permitem ter os utensílios que mais usa tão à vista, como para a mão, lhe fará ganhar um precioso tempo que agradecer o seu frenético ritmo diário. Prateleiras, ganchos, cabides, quadros, espaços magnéticos… ferramentas todas elas são bem-vindas que tornarão o seu dia-a-dia muito mais fácil. Não esqueça nunca que o design e decoração de interiores da sua casa tem de ser um fiel reflexo de sua personalidade e forma de vida. Espero que compartilhar contigo as diretrizes que usei para aprender a decorar a minha casa vai servir de muita inspiração e, sobretudo, de grande utilidade para não acabar caindo em alguns erros na hora de decorar a sua casa. Amor, dedicação, senso comum ¡

Joana

Os comentários estão fechados.
error: