Cultura Do Peru

Cultura Do Peru

A cultura do Peru, é a cultura criada a partir de costumes, práticas, códigos, normas, formas de vida e tradições existentes na sociedade peruana. É o que lhe dá uma identidade nacional para o Peru. Foi desenvolvido em um meio geográfico difícil, por isso que o homem teve que se esforçar e fazer uso de sua criatividade para dominar esse espaço, formando sociedades e culturas regionais.

Contém valores e heranças culturais que se mantêm ao longo do tempo. A civilização andina, podemos mencionar: o domínio da natureza, a unidade política, a missão civilizadora, o espírito de justiça social e a dignidade imperial. A herança espanhola destaca-se: a idéia da pessoa humana, o cabildo, o estado de direito, o idioma, a concepção cristã da vida.

  • Tende ao cubo
  • Cola e tesoura
  • 4 Os potos, plantas trepadeiras para interior
  • Lei de Direitos de Autor, publicada no Registro Oficial Não. 149, de 14 de agosto de 1976.[28]
  • 1660: 25 de outubro, Luís XIV levou a Versalhes, a sua esposa, a rainha Maria Teresa

Há uma constante fusão das realidades culturais já existentes, bem como as que continuam chegando de fora, e tende sempre para a miscigenação cultural. A civilização andina, que se desenvolveu no atual território peruano, foi-se forjando desde há quinze mil anos, com a chegada dos primeiros homens a esta parte do mundo. Estes achavam-se na fase do paleolítico superior e foi exclusivamente do seu esforço, sem influência estrangeira, que puderam escalar paulatinamente para a alta cultura.

Os restos culturais dos primeiros caçadores-coletores têm sido encontrados em Guitarreiro I, Piquimachay, Chivateros (oficina lítico), Toquepala (pinturas rupestres), Paiján (pontas líticas). Os primeiros vestígios de culturas agrícolas se encontram em Nanchoc (abóbora e abóbora loche) e Guitarreiro I (feijão e pallares), de 6.000 a. C. Outras plantas que começam a cultivar são o inhame, o urucum, a quinua. A batata e o milho são as culturas mais antigas. Os restos da primeira vila de pescadores acharam em Santo Domingo de Paracas; os primeiros camelos domesticados, em Telarmachay; e os primeiros cobaias domesticados, em Piquimachay. O primeiro têxtil se achou em Huaca Prieta.

A civilização ou alta cultura propriamente dita surge para o 3200 a. C. com o surgimento da civilização caral, no Norte Garoto peruano e cujo centro era a cidade sagrada de Caral e sua cidade pesqueira, com O Áspero. Caral foi contemporânea de outras grandes civilizações, como as da China, Egito, Índia e Mesopotâmia. Trata-Se, pois, de um dos poucos centros irradiadores de civilização no mundo pela sua antiguidade (pelo menos 5000 anos); bem como o único no hemisfério sul.

a cidade sagrada de Caral floresceu durante mais de mil anos; entre suas ruínas foram encontradas, o primeiro diante, instrumentos musicais, estatuetas de argila, entre outros restos culturais. Caral desapareceu de 1800. C. mas a sua herança cultural foi mantida, continuando assim o processo de civilização andina. Surgiram outros centros culturais no atual Peru, como Cupisnique, Pacopampa, Kuntur Wasi, Garagay e Chavín de Huántar. Para o 900 a.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: