A Jovem Decorador De Interiores Alexandra Pombo Responde A Algumas Questões Práticas Sobre Decoração

A Jovem Decorador De Interiores Alexandra Pombo Responde A Algumas Questões Práticas Sobre Decoração

Alexandra Pombo é uma jovem decorador de interiores com uma curta, mas intensa trajetória no mundo da decoração e design de interiores. Após seis anos trabalhando e aprendendo no estudo de Pascua Ortega, tem sabido evoluir e tornar-se um lugar entre os grandes, com seu próprio estúdio. Um de seus mais recentes trabalhos é o Instituto de Beleza e Medicina Estética Maribel Yebenes.

quisemos perguntar algumas dessas questões que todos nós fazemos quando estamos a decorar a nossa casa. Posso pintar uma parede do salão em um tom diferente do resto, ou é melhor que todas as paredes vão na mesma cor? Cada espaço é único, e por isso há que saber jogar com as características que ele nos oferece. Geralmente, prefiro que as texturas e os materiais do mobiliário são os que se destacam, deixando as cores mais neutras para as paredes.

  • Na Macedónia, se serviam de grutas escavadas na rocha ou no chão, com abóbadas e pinturas
  • 200 gr. de açúcar
  • Pilares e vigas descoberto
  • Saquinhos de feltro

Se o que queremos é dar protagonismo a uma parede podemos jogar com volumes e texturas usando espelhos envelhecidos, papéis de parede, panelados, etc. Devo me deixar levar pelas cores tendência para o sofá, um móvel que deve ser duradouro, ou é melhor apostar em tons neutros? Fatores como o estilo ou o tamanho do sofá são muito importantes, mas acima de tudo, na hora de escolher uma peça para a nossa casa, temos que manter um estilo e uma coerência com o resto do mobiliário. Para o salão, que eu escolho, o

a iluminação é A chave do interior, é um dos elementos mais importantes na hora de começar um projeto de decoração. Jogue com a luz permite-nos criar ambientes, volumes, etc. E por isso é muito importante controlá-la e projetá-lo de forma adequada. A chave está em saber misturar luz direta com focos endereçáveis e a luz indireta em luzes da ribalta. Dependendo de como você utiliza serão criados diferentes espaços.

A tendência atual para a hora de escolher o mobiliário adequado centra-se mais os materiais e as texturas que em cores. Materiais naturais quase intocadas, como madeira de demolição ou ferros ao natural, permitem-nos criar ambientes com muita personalidade. Cada vez gostamos mais as imperfeições do próprio material. Passamos aos quartos das crianças. A tendência, há alguns anos, vem marcada pelo lacado em branco.

o Que outra possibilidade existe? Podemos conseguir um espaço muito relaxante, se utilizamos madeiras decapadas, em vez de móveis lacados. O truque está em usar papéis pintados nas paredes para dar aquele toque de cor para o quarto. Como posso acertar com um papel de parede para o quarto das crianças? No quarto principal, você Sempre branca e de grande qualidade. Nesta parte da decoração, que é tão importante, eu não gosto de improvisar. Sempre jogo com as texturas das mantas para os pés ou com o mobiliário para dar um toque mais pessoal ao quarto.

Os dois são um mistério, mas possivelmente apresentem situações novas para os atores já conhecidos, e ajudem a avançar para a nova história. As novidades das fecham o Doutor Owens (Paul Reiser), um membro do Departamento de Energia dos Estados Unidos, que continuará a trama governamental da primeira temporada.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: