“Eu Sou Mais Cruel Do Que Com Meus Biografias”

“Eu Sou Mais Cruel Do Que Com Meus Biografias”

Uma mulher madura jantar em um restaurante em Llafranc. Entra um homem alto. Não deixam de se olhar. Eles Se apaixonam, vivem três dias de paixão. Ele, Sebastién, é jornalista de guerra, deve ir para a Síria. É raptada, ela fará o impossível para dar com ele. Este é, sucintamente, o argumento de “Minha cor favorita é ver” com o que a jornalista -polêmica biógrafa – Pilar Eyre foi finalista do Planeta.

É um livro de mistério, não posso revelar. É um livro sobre a paixão? Oops. Eu estou contando tudo. Não. Apenas direi que quem o leu não conseguiu parar. Diz que como jornalista, foi aplicado o bisturi seus biografiados, e agora se aplica a você: o

Comigo, porque eu me conheço mais, e porque eu tenho a obrigação moral. Se para muitos os tenho deixado feitos cerca de raposas, comigo mais. Eu mereço isso. Eu rio de mim mesma, e transformo as fraquezas da minha idade em uma história agridoce. Eu acho que as mulheres vão se sentir muito identificadas e os homens podem aprender muito. O que é um manual de instruções?

Não, não, é um romance. Não, não há aventura, intriga. Mas quero que vejam como somos na intimidade. Acho que não há marcha atrás. Se o motor do romance é a paixão Não. Sou apaixonado pelo jornalismo. Não entendo aqueles jornalistas que vivem com alegria. Trabalho com gente jovem, com uma energia brutal, mas cobram uma porcaria.

  • “E, no final, sempre terminaria eligiéndote a ti”
  • 2 Elenco 2.1 Principais
  • Porque o pai cego de um espião capturado pode ter instalações má leite
  • 2 Yuri como elemento filho
  • 6 Sexta temporada: 2001
  • 2013: Minha Grande Noite – 50 Sucessos Da Minha Vida. 3 CD + DVD

Este passo a ficção, embora seja autobiográfica, o que Apenas indica que você está falando com uma doente. Eu sou uma doente da escrita. Eu não sou uma pessoa normal, tenho uma doença grave, é que eu gosto de escrever. No Twitter eu devo ser quem mais escreve, e faço-o livre, ainda bem, as colaborações em jornalismo já quase são grátis.

Mas eu escrevo um livro por ano desde há anos. Não é que não tenha muito, mas que é uma faceta adicional. Em que medida a história de Sebastién é real e sem tempero, até que ponto foi tão interessante como para mostrá-lo tal qual? A história tem elementos suficientes. É a história de uma mulher mais velha que quer passar o resto de seus dias com esse homem. E depois há uma trama de aventura e mistério, que o complicam. Talvez eu escrevi isso para que volte. Com este episódio de sua vida foi finalista do Planeta. Ja, ja, talvez sim.

eu Tenho a vida resolvida! Agora a sério, já trabalho em outra biografia, outro feito sob encomenda. O Ser finalista do Planeta é o teto como jornalista ou escritora? Homem, sim. É uma conclusão profissional, por isso que estou tão animado, tão grata e muito feliz. Eu descobri que era finalista no jantar. Desde que, há uma semana começou a especular com o meu nome eu desbastadas três quilos. Cara, você é mais conhecido que seu cão. Sim, mas todo mundo sabe que se chama Fender.

É um homem um pouco tarado e pelo visto vive em seu próprio carro. Muitas pessoas (principalmente Metano e Hoss) sempre mudam de nome. Uma vez foi baleado junto com um hipopótamo por um raio da foice de Caveira, transformando-o em um “Super Boa Onda Rapper de Rua” o chamado Diretor Buenaonda e o hipopótamo na sua carnal, grande e musculoso. O diretor Buenasvibraciones é conhecido por esse nome, não somente porque mudou legalmente o seu nome, mas porque ele está sempre disposto a ajudar seus alunos. É a enfermeira da escola de Billy e Mandy.

Seu paciente mais comum é o Billy. É o gato rosa de Billy. Mesmo que seja seu animal de estimação, Billy nunca lhe dá atenção. É o cão de Mandy, baba muito e é um covarde. É tão estúpido que Billy. Também se pode notar uma leve semelhança entre Saliva e Harold. É o hamster de Billy, que está doente, pelo qual Caveira está condenado a viver com eles.

Depois do primeiro capítulo, suas aparições tornam-se mais escassas, além de ser apenas uma participação especial. É o cão de três cabeças de Caveira, mas não tem nem o mais mínimo respeito. Ele se apaixona pela cachorrinha que tem Mindy e chega a se casar e a ter um cachorro de três cabeças iguais às de sua mãe, chamado Shiba.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: