É Com Frequência Um Personagem Alegre

É Com Frequência Um Personagem Alegre

Um personagem-tipo é um personagem de ficção, que depende fortemente de tipos ou estereótipos culturais para a sua personalidade, maneira de falar, e outras características. Os personagens são instantaneamente reconhecíveis pelos membros de uma cultura dada. O efeminado (também chamado pejorativamente de “louca”): personagem geralmente do sexo masculino, que mostra caracteres mais propriamente femininos, mas de forma exagerada (voz tranqüila ou aveludada, movimento exagerado e modoso de mãos, roupas pouco sóbria, etc).

Habitualmente associado a personagens de minorias sexuais, foi retirada por ser politicamente incorreto. A versão inversa é a masculinizada ou mais depreciativamente moleque (mulher com traços masculinos exagerados). O avarento: um homem rico e avarento, que vive miseravelmente para economizar e aumentar o seu tesouro. Apesar de rabugento, nem sempre é um vilão. O beberrão: serve como um personagem divertido, como exemplo moral, ou é usado como um recurso argumentativo para desbaratar a reuniões públicas. Barney Gumble de Os Simpsons e Marmeladov de Crime e castigo, são um exemplo.

O brincalhão: com freqüência parte de um grupo de aventureiros, não deve confundírsele com o palhaço. O brincalhão supera a seriedade da situação com a constante bom humor, mesmo que às vezes você pode estar chorando para si mesmo ou que seu riso enmascare sua insegurança. Ocasionalmente, o seu eterno bom humor pode ser perturbador, mas sempre é querido pelos seus companheiros. H ou Chandler Bing de).

  • Porque Mafalda nos faz refletir sempre com suas criativas ilustrações
  • 5 Frases de amor para o WhatsApp
  • Identificados os 129 mortos nos ataques de Paris
  • 1 O mistério de “あのひと”/ Anohito/Ele
  • 5 Martin Qwerly

O bom selvagem (e um subtipo relacionado, o preto mago): um representante de uma cultura ou grupo étnico desaventajado ou marginalizado que auxilia (geralmente branco) herói, ajudando-o a sair de uma situação ou para a iluminação espiritual. Exemplos são Pocahontas, Gunga Din, e Sexta-feira, em Robinson Crusoé. O palhaço: é um palhaço ou um brincalhão que conta adivinhação e faz jogos de palavras. Com frequência é inteligente e engenhoso e revela fatos chave sobre os personagens sobre os quais há palhaçadas (os bobos de Shakespeare, como os de Noite de Reis (O rei Lear, são exemplos muito conhecidos).

O bully: também chamado de “é amigo” ou “espancador” é geralmente um homem (na grande maioria das vezes) que acossa e brutaliza diferentes vítimas, incluindo “nerds” ou mulheres, seja na escola ou no bairro. É normalmente representado como um homem grande, musculoso, agressivo e, muitas vezes, popular entre seu grupo. O cavaleiro errante: um viajante que está em busca de aventuras para provar como cavaleiro. Dom Quixote é uma famosa paródia de cavaleiro errante.

O camisa vermelha: um personagem inconsequente que morre ou é ferido, pouco depois de sua apresentação para pôr em relevo os perigos que enfrentam os personagens principais. O termo surgiu em referência ao frequente uso de tais personagens na série de televisão Star Trek, onde costumavam usar uniformes vermelhos, indicando o seu posto de pessoal de segurança e sua insignificância.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: