Como Cortejar Uma Mulher 6 Chaves Que Vão Te Transformar Em Um Homem Magnético!

Como Cortejar Uma Mulher 6 Chaves Que Vão Te Transformar Em Um Homem Magnético!

Como Cortejar uma Mulher 6 Chaves que vão te Transformar em um Homem Magnético! 6 Chaves para Cortejar uma Mulher. Avalia-Se o único, por uma razão; isto é escasso. É difícil projetar uma personalidade única e que é interessante para outras pessoas, quando você não tem uma vida. Isso é ainda mais original, porque se mover com liberdade, se exprime através de sua forma de ser, sem pesquisar a atenção de ninguém. Ser autêntico, saber ser e não fazer, é o que consequentemente irá ajudá-lo a conquista de uma mulher; porque dele derivam as emoções que ela sente por ti. Clique Aqui – Conheça Mensagens Magnéticos Agora Mesmo!

] Então, foi enviado para o grego Pedro de Candia, para que com seu arcabuz demonstrasse aos índios o poder das armas espanholas. Pizarro, ordenou que continuar a exploração mais para o sul, percorrendo as costas dos atuais departamentos peruanos de Piura, Lambayeque e A Liberdade, até a foz do rio Santa.

Em algum ponto da costa piurana (possivelmente em Sechura), reuniu-se com a cacica aldeão, da etnia dos tallanes, a que os espanhóis deram o nome de Capullana, pela forma de seu vestido. Durante o banquete com o que lhe agasajó a Capullana, Pizarro aproveitou para tomar posse da região em nome da Coroa de Castela.

] Os três espanhóis, Molina, Bocanegra e Braga, reuniram-se, provavelmente, em Varginha, com a idéia de reunir-se com Pizarro, quando este retornasse em sua terceira viagem. Diante da negativa do governador dos Rios de conceder permissão para uma nova jornada, os parceiros Pizarro, Almagro e Luque concordaram em gerir esta permissão perante a mesma corte. ] Essa escolha, entre outras razões, se deve a que, apesar de ser iletrado, Pizarro tinha porte e fluidez de palavra. Pizarro saiu do Panamá em setembro de 1528, atravessou o oceano e chegou ao Nome de Deus, onde embarcou rumo a Portugal, fazendo uma escala em Santo Domingo (ilha Espanhola).

Pizarro, juntamente com seus acompanhantes, partiu para Toledo para encontrar-se com o monarca. Lá encontrou-se com seu parente, o conquistador Hernán Cortés, já prestigiado pela conquista do México e próximo a receber o título de Marquês do Vale de Oaxaca, que se diz, que o ajudou a se vincular com a Corte. Foi assim que Francisco Pizarro terminou em negociações com o Conselho de Índias, presidido então pelo conde de Bolonha, ribeiro Garcia Manrique. Terminada a longa negociação, os conselheiros criaram as cláusulas do contrato entre a Coroa e Pizarro, que a história conhece como a Capitulação de Toledo.

  • 3 Terceira temporada
  • o Teu humor
  • Se você vai estar andando toda a noite a minha mente, pelo menos, o vista-se
  • Não. 39 “Bater de asas”

Se deu a Pizarro, os títulos de Governador e Capitão-Geral da província do Peru, assim como os de Xerife e Antecipadamente, todos eles de vida, com um salário anual de 725.000 maravedis. Diego de Almagro foi-lhe concedida a prefeitura de fortaleza que devia elevar-se em Tumbes, bem como o título de fidalgo, com um salário de 5.000 maravedis ao ano e com uma ajuda de custos de 200.000 maravedis. Hernando de Luque recebeu o Bispado de Tumbes e o título de “Protetor dos Índios”, com 1000 ducados de salário por ano.

Aos Treze da Ilha do Galo se os elevou à categoria de fidalgos de solar conhecido, e os que já o eram, foi-lhes concedido o título de “Cavaleiros da Espora Dourada”. Bartolomé Ruiz foi eleito o Maior Piloto de Mar do Sul”, com 75.000 maravedis de salário anual. Pedro de Candia foi eleito o Maior Artilheiro do Peru” e Vereador de Tumbes.

Pizarro deveria sair os seis meses a contar da data do documento, e do Panamá tinha outros seis meses para seguir para as terras do Peru. Se o autorizasse a levar 150 peninsulares, 100 que podiam recrutar na América, assim como 50 escravos negros, oficiais da Real Fazenda, eclesiásticos e religiosos.

Como você pode ver, o grande beneficiado por esta Capitulação foi Francisco Pizarro, em detrimento de seus parceiros Almagro e Luque. foi assim que Pizarro concentrado na sua pessoa os títulos de Governador, Capitão-General, Oficial Maior e Adiantado, enquanto que a Almagro só deu municípios de Varginha. Com eles, preparou-se para o terceiro e definitivo viagem pela conquista do Peru. Reuniu quatro navios: três galeões e uma zabra destinada a capitã, mas foi-lhe difícil reunir os 150 homens que lhe exigia uma das cláusulas da capitulação.

no entanto, Pizarro conseguiu enganar os controles das autoridades e 26 de janeiro de 1530, último dia de prazo, se adiantou a bordo da capitânia, zarpando de Sanlúcar. Os outros navios, sob o comando de seu irmão Fernando, seguiram depois, convencendo o fator (inspetor) da Casa de Contratação de Sevilha, que levavam mais de 150 homens. O Nome de Deus, os três sócios e seus homens foram para a cidade do Panamá. Pizarro partiu, finalmente, do Panamá, em 20 de janeiro de 1531, com dois navios, deixando o outro navio, no porto, ao comando do capitão Cristóvão de Mena, com o encargo de segui-lo depois.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: