Canção 2018: Israel, Com Netta, Ganha A Final

Canção 2018: Israel, Com Netta, Ganha A Final

O Festival da Canção de volta nesta noite de 2018 às suas origens, com uma edição com menos artifícios voltada para os cantores, e a sua música. E vamos já com o molho, que estavam querendo: Você parece bem sucedido o posto alcançado por Portugal? Você acha que a canção vencedora merece o primeiro lugar? Participe de nossa enquete! Assim é Toy, a canção que Israel ganhou o concurso.

The Barbie got something to say, hey, hey, heyHey! Don’t you go and play with me, boy! Don’t you go and play, shake! Not your toy, not your toy, not your toy, toyI’m not your toy, not your toy, not your toy toy. Dario Prieto: Aqui há um que retorna ao bar.

Roque Muradas: Parabéns a Israel. Há que estar atento aos memes, a partir de agora. Fernando Hernández: Rumurologia abunda entre os eurofans, que já perguntam como a Áustria tem tantos pontos. Dario Prieto: Moldavía quase 100 pontos. Chegámos ao momento final! O Turno para as votações do público! Roque Muradas: eu Não gosto de nada este sistema em que está inserido o televoto ao final.

Roque Muradas: “Quase qualquer música pode receber 12 pontos”, dizem na TVE para definir o que aconteceu com a Dinamarca. De momento ganha Áustria, seguida de muito perto pela Suécia e Israel. Dario Prieto: 12 pontos da Rússia, da Moldávia. Isso define muitas coisas. Sejamos sinceros: a Espanha, nem se vê, nem se espera de você.

  • 37 faculdade Pai Município
  • Nome completo: Hugo Augusto Dande
  • Porque Jack Palmer, é o testemunho mais maravilhado que eu conheci nunca
  • 2 Desfecho do anime
  • 2 A batalha em quadrinhos
  • 6 Sr. Esqueleto

Desde 18 para Portugal, que vai subindo posições pouco a pouco (muito pouco). Dario Prieto: Vá rodada de 12 pontos, que foi emendado, nunca melhor dito, Suécia. Roque Muradas: Grécia sempre pontua bem em Portugal, pela Rainha Sofia. Merkel tem convencido o júri para que a Alemanha dá 6 pontos para Portugal. Roque Muradas: ¡Seis pontos para Portugal! Se começam a desenhar já os favoritos do júri profissional. Mas lembramos que com o atual sistema de votação, em que o voto do júri vale 50% do total e a outra metade depende do público, tudo pode mudar, de cima para baixo, com o surgimento dos eurofans.

De momento, o torneio é o estão disputando entre Israel, Chipre, Áustria, Suécia e Alemanha. Dario Prieto: Um aviso para os mais jovens, que vieram arribísima com esta última edição de ‘Operação Triunfo’: Não vos deis desgostos, é sempre assim. Roque Muradas: Vá para o caixa do júri estónio. Fun fact: os avós de Cristiano Ronaldo -de Madeira – vivem na Austrália.

Aitor Herández: Muito humildes, os cipriotas afirmando que esta noite elevaram o nível de Canção. Roque Muradas: Oh, my god. Eduardo Fernández: O Brasil está fora, não? Aproveito para lembrar de duas grandes como José Luis Uribarri e José María Iñigo. CHEGAM OS PRIMEIROS PONTOS para a Espanha. A Dinamarca deu seis pontos a Amaia e Alfred e Reino Unido, um.

Já somamos sete: o Após as oito primeiras votações, Suécia vai na cabeça, seguido de Chipre. Fernando Hernández: Se ganha Chipre, a situação vai ser fascinante o ano que vem: o seu capital, Nicósia, é a última cidade dividida da Europa. A turquia ocupa o norte da ilha desde os anos 70, com as tropas da ONU mantendo uma ‘linha verde’ que separa as duas metades de Chipre. Eduardo Fernandez: Aconteça o que acontecer, é injusto. Dario Prieto: Portugal, penúltimo, com 0 pontos. Fernando Hernández: A unificação de Chipre leva estagnada uma década, por certo. Será uma vitória eurovisiva milagre suficiente para reativar as negociações? Tudo pronto para as votações!

Roque Muradas: Mas, bem, o que é isso, BRASIL A ZERO AINDA. Dario Prieto: Portugal antepenúltima, ainda com zero pontos. Dario Prieto: Cabelos como Scorpions. O novo campeão do ano passado do concurso, Salvador Sobral, sobe ao palco, com Júlio Rosende. O jovem luso que apaixonou a todos em 2017, com sua canção Amar pelos dois nos comoveu com a dura história pessoal que o acompanhava.

Salvador, que se levantou com a vitória, sofria de uma doença de coração que cada vez avançando mais rápido, até o ponto de colocar em risco a sua vida. Em uma entrevista recente, o português garantiu que o seu problema de coração já estava completamente resolvido e que, portanto, a sua vida está a salvo.

Joana

Os comentários estão fechados.
error: